Cuidados a ter no uso de cartões bancários

Se por um lado o número de utilizadores de cartões bancários tem aumentado, as fraudes com cartões magnéticos, seja o simples multibanco, ou um cartão de crédito têm vindo a ser exponencialmente maiores, com técnicas mais elaboradas, colocando em causa a segurança do utilizador e do próprio sistema.

Apresentamos um conjunto de regras a que deve prestar atenção, para se proteger:

1. Assim que recebe o cartão, assine-o. Não anote o código secreto (PIN) junto deste. Se tiver dificuldade em memorizá-lo, deve proceder à sua alteração numa caixa Multibanco.

2. Deve solicitar sempre um documento comprovativo de todas as transações que efetua com o seu cartão, para poder conferir depois o seu extrato bancário.

No caso de existir algum movimento desconhecido, ou suspeito, deve de imediato reclamar junto do seu banco.

Durante o pagamento com o seu cartão, procure nunca o perder de vista, evitará assim a possibilidade de falsificação.

Seja Prudente em Algumas das Suas Ações

3. Ao introduzir o código PIN no seu cartão, procure ser discreta, sobretudo se está em grandes filas, com muitas pessoas. Proteja com a sua mão os números que está a marcar. É muito fácil um desconhecido ao seu lado fixar o seu código.

4. Se é um utilizador da Internet, é prudente é prudente utilizar o cartão apenas em páginas certificadas e que utilizam sistemas de segurança. Certifique-se de que a ligação é segura.

Além de um pequeno cadeado, o endereço deve começar por https:// em vez de “http://“. Evite páginas de risco.

Que Cuidados Deverá ter na Utilização Online?

5. Sempre que possível opte por realizar os seus pagamentos pelo MBNet, que lhe permitem a máxima segurança na comodidade do seu lar. Guarde sempre em lugar seguro o cartão matriz do qual o banco lhe irá solicitar 3 números aleatórios.

6. Suspeite sempre de qualquer telefonema estranho, dizendo por ex. que vão proceder à substituição do seu cartão e pedindo para marcar o seu PIN atual com as teclas do computador. É uma das fraudes mais usadas. Nunca forneça o seu PIN a ninguém.

O seu banco nunca lho pedirá. Nunca entregue o seu cartão a alguém que diga que vem da parte do banco proceder à entrega de um cartão novo. Isso é uma fraude.

Os bancos enviam os cartões via CTT e o seu cartão usado quando o prazo expira pode inutilizá-lo cortando-o em pedaços ou depositando-o numa caixa multibanco. A partir do momento em que usa um cartão novo o antigo é automaticamente recolhido pela máquina.

Tenha Atenção às Fraudes

7. Se tiver possibilidade pague as suas contas de água, eletricidade, gás, internet, seguros, outros através de débito em conta. Evita assim ter que se deslocar ao multibanco e até esquecer a data limite de pagamento.

8. Sempre que for ao multibanco, escolha um local que não seja isolado, preste atenção a alguém suspeito que pareça estar a seguir os seus movimentos.

Essa pessoa pode aproximar-se parecendo estar à espera na fila, e para além de lhe furtar dinheiro, pode ter percebido pelo movimento dos seus dedos o código e roubar-lhe o próprio cartão procedendo depois a levantamentos ou pagamentos com o mesmo.

Peça ajuda, informe de imediato o seu banco e peça para procederem ao cancelamento do referido cartão.

As pessoas mais idosas representam o maior grupo de risco deste tipo de fraude. Evite ir ao multibanco à noite, pois o risco aumenta. Preste sempre a máxima atenção ao local onde vai levantar dinheiro e ao que se passa nas imediações. Mantenha sempre a calma, dê uma volta, aguarde uns minutos até sentir que está realmente segura.

Que Responsabilidade Têm os Bancos?

9. Os bancos estão por lei obrigados a repor a quantia que se prove tenha sido movimentada de forma fraudulenta.

No que respeita a cartões de crédito convêm que leia atentamente o contrato que assinou com o seu banco.

Em especial aquelas letras pequeninas a que não prestamos muita atenção e que por vezes contêm cláusulas que não devemos ignorar.

10. Por último recomendamos que em caso algum forneça os seus dados via e-mail ou sms a alguém.

Nunca deve partilhar o seu código com ninguém nem mesmo com as pessoas amigas ou familiares. Evitará por certo aborrecimentos futuros.

About Fernanda Farinha
Fernanda Farinha é consultora financeira de várias empresas numa multinacional e escreve sobre os mais variados assuntos de finanças pessoais.

Leave a comment

Your email address will not be published.

*