Crie o seu próprio negócio com pouco dinheiro

No momento atual em que a crise lhe bateu à porta, ficou no desemprego, a idade torna difícil a sua entrada no mercado de trabalho… não cruze os braços. Encontre soluções com um investimento mínimo. Falamos de um investimento limite de 500 euros.

Use uma pequena parcela das suas finanças pessoais, do dinheiro que tem guardado e com imaginação, persistência, com um investimento muito baixo, você pode começar hoje um negócio empreendedor.

Vamos dar-lhe algumas ideias do que pode fazer:

Limpezas

As ferramentas essenciais para começar este tipo de negócio podem custar-lhe cerca de 200 euros. Falamos de balde, esfregona, panos do pó, aspirador, cartões (que podem ser simples: elabore um bem estruturado, faça fotocópias).

Se puder juntar-se a outra(s) pessoas e uma delas disponha de carro, é mais fácil. Ofereça os serviços como se fosse uma empresa, inclua na sua prestação de serviço todos os equipamentos, o que lhe permite elevar o preço/hora, mas o cliente não tem qualquer gasto. Se um cliente requer por ex. 4 horas de trabalho e o pode partilhar com outra pessoa, você usará 2 horas apenas. (2 pessoas x 2h = 4 horas).

Coordenação é essencial. Uma das maiores empresas a operar hoje em Portugal, a Molly Maid, começou assim. Essencial oferecer disponibilidade de horários, a mais extensa possível, pense nos escritórios, condomínios, jardins de infância, escolas, etc.

Fazer Comida Para Fora

Em casa possui quase tudo o que precisa. Crie umas ementas simples, mas bem elaboradas, por um preço competitivo.

Faça cartões e divulgue. Ofereça um serviço diferente: por exemplo a entrega de comida no domicílio, em especial para pessoas idosas, incapacitadas temporariamente.

Divulgue o mais possível. No fundo fará em sua casa uma espécie de take-away com entrega personalizada. Compre embalagens metálicas de vários tamanhos que lhe conferem comodidade e apresentação.

Pequenos Restauros, Pinturas

Sempre necessitamos de reparar pequenas coisas em casa. Nem sempre podemos recorrer a empresas especializadas que cobram caro. Se tem aptidões nesta área, divulgue o seu trabalho junto de lojas de tinta, de bricolage, drogarias, administradores de condomínios.

O que precisa: provavelmente possui a maior parte das coisas, mas mesmo uma pequena pintura, requer rolo, trinchas, tinta.

Dê sempre um orçamento ao cliente antes de efetuar o trabalho. Mudar fechaduras de porta, reparar tomadas elétricas, calafetar portas e janelas, enfim podemos incluir aqui um imenso número de possibilidades. O seu investimento inicial é a divulgação através de cartões, folhetos.

Jardinagem

Dependendo da zona onde viva, do gosto e disponibilidade há imensas pessoas que requisitam os serviços de manutenção dos seus jardins, especialmente em zonas de vivendas. O que precisa: deixar um cartão a divulgar os seus contactos.

Material: baldes e saco para as folhas, um aparador de sebes, um corta-relva, uma vassoura de metal. É um trabalho que pode ser feito por duas pessoas. É muito fácil aprender como fazer. Pode mesmo usar a internet para aprender, ou mesmo fazer um curso de dois dias. Grandes empresas promovem com frequência esses cursos, por preços acessíveis.

Procure que o seu trabalho seja perfeito, ele é o seu melhor cartão de visita. Se é uma pessoa com conhecimentos poderá incluir também a limpeza de piscinas, para que precisa de produtos de limpeza, mangueiras, escovas…

Cuidar de Animais

Especialmente nas grandes cidades existem pessoas que não têm tempo para cuidar dos animais. Isso inclui disponibilidade para passear com eles, para lavar e repor higiene nos comedouros. Pode incluir dar-lhes banho.

E necessita apenas de escovas shampoo e pouco mais. Comece por divulgar a sua disponibilidade junto de clínicas veterinárias e se possível fale mesmo com os responsáveis da clínica, pedindo que divulguem o seu serviço.

Não se esqueça de distribuir a sua publicidade. Habitualmente as pessoas contratam 2 períodos de 30 minutos cada: de manhã e à hora de almoço. Outros alargam esse tempo para o fim do dia. Parece insignificante, mas por ex. pode levar mais de um cão de cada vez a passear… agora some isso pela rede de clientes que vá angariando e veja quanto pode obter ao fim do mês.

Fazer Entregas

Admitindo a hipótese que tem um carro, pequena carrinha, pode oferecer os seus serviços numa determinada zona (limitando o seu raio de ação, para não fazer viagens demasiado longas). Publicite a sua disponibilidade para fazer entregas.

Muitas empresas recorrem a estes serviços para entrega de encomendas, correio, ir às finanças, segurança social, comprar material, ir buscar volumes de pequeno porte. Dê conhecimento da sua disponibilidade e pode nascer aqui um negócio rentável, que poderá depois alargar e desenvolver.

Profissional Qualificado

Seja em que área for, ofereça o seu “ Know-how”, seja através da divulgação por meio de cartões, seja pela criação de um site próprio, ou blog em que divulgue o seu trabalho. Sendo que este é um trabalho mais exigente, pode sempre começar por se coletar como trabalhador independente e quem sabe partir para a criação da própria empresa.

Vendas na Internet

Se possui algo que possa vender, se faz bijutaria, roupa, bolsas, enfim todo o tipo de artesanato, de inicio se possui um computador e ligação à internet, fotografe e divulgue os seus trabalhos, mesmo através de um blog.

Coloque os preços, seja eficiente no envio, mas também cuidadosa peça o pagamento antecipado, especifique se os portes de correio estão ou não incluídos, ou pergunte se a pessoa quer o envio contrarreembolso (mais caro).

Poderá a partir de casa enviar o seu trabalho para qualquer parte do país ou do mundo. O seu investimento é mínimo. Precisa de máquina para fazer a fotografia dos produtos e passá-los para computador. Verificar o e-mail e responder com prontidão.

A partir das ideias que lhe deixamos e de outras que lhe possam surgir, acreditamos que pode mudar o rumo das suas finanças pessoais, sentir-se profissional e acima de tudo ganhar dinheiro que lhe permita um desafogo financeiro.

About Fernanda Farinha
Fernanda Farinha é consultora financeira de várias empresas numa multinacional e escreve sobre os mais variados assuntos de finanças pessoais.

1 Comment on Crie o seu próprio negócio com pouco dinheiro

  1. guilherme // 01/11/2011 at 13:41 //

    quero de uma forma facil e eficiente atingir obgetivos , nos quais sao de total interesse deminha parte agradar meus clientes deixando seus ambientes muito mais agradaveis e elegantes valorizando cada vez mais seu imovel

Leave a comment

Your email address will not be published.

*