Como comprar um gerador de qualidade

Apagões comuns, furacões, tornados ou tempestades podem deixá-lo sem luz, aquecimento e refrigeração durante horas, e no pior dos cenários, durante dias. Se tiver um gerador em casa pode manter-se confortável durante o tempo que fica sem eletricidade.

Os geradores estão disponíveis modelos pequenos portáteis que fornecem energia para as necessidades vitais, até grandes unidades fixas que podem fornecer corrente elétrica para toda a casa.

1 – Escolha a Potência do Gerador

Os geradores são vendidos por potência (watts), que influencia a quantidade de luzes que pode acender e dispositivos ligados ao mesmo tempo. Por exemplo um frigorífico consome 600 watts, um aquecedor portátil 1 500 watt, um ar condicionado 1 000 watts e as luzes entre 60 a 200 watts.

Calculadora de potências para obter o total de watts dos diversos dispositivos que pretende ligar num gerador:

http://www.generatorsales.com/wattage-calculator.asp (em inglês)

Os fabricantes dizem que as unidades de geradores pequenos portáteis geram até 3 600 watts, as médias até 6 600 watts e os geradores fixos até 12 000 watts. Quando sobrecarrega um gerador ele pode desligar-se, e ao haver sobrecarga no gerador este pode sobreaquecer e danificar um computador ou outros dispositivos elétricos sensíveis.

2 – Certifique-se de Que está Sempre Preparado Para Funcionar

Verifique regularmente o nível de óleo, combustível, filtros e motor de ignição de acordo com o manual de utilizador. Teste o gerador pelo menos uma vez em cada estação do ano.

Para garantir que o combustível não se estraga com o tempo em que fica parado adicione aditivos que prolongam o tempo de vida do combustível até 1 ano.

3 – Reduza os Riscos

Na atualidade os geradores são melhores e mais seguros que os modelos criados no passado. Mas um gerador que seja mal manuseado pode ser mortífero. Evite a acumulação de monóxido de carbono ao colocar o gerador a pelo menos 30 metros da casa, nunca na garagem, cave ou qualquer espaço fechado.

Guarde o combustível num espaço fresco, ventilado e afastado de fontes de calor. Antes de reabastecer o gerador desligue-o. Um gerador portátil consome cerca de 35 litros de combustível por dia. Tenha sempre algum combustível armazenado para eventualidades. Há geradores que funcionam a gás propano ou natural.

Use sempre um disjuntor para transferência de energia para dispositivos como aquecimento central, ventoinhas. Estes disjuntores permitem ligar os dispositivos sem ser necessário recorrer a cabos de alimentação espalhados pela casa. Estão incluídos nas unidades de geradores fixos.

Tipos de Geradores – Vantagens e Desvantagens

Sabes qual a potência necessária é o primeiro passo para escolher o gerador adequado.

Geradores Portáteis

Existem unidades pequenas e de médio porte, geram entre 2 500 a 6 000 watts de potência. São o tipo de gerador mais barato e são ideais para a maioria das casas. Trabalham movidos a combustível – gasolina – mas há alguns modelos que vêm equipados com gás natural ou propano.

Vantagens:

  • São baratos.
  • Fáceis de transportar.
  • Ideais para fornecer energia a luzes e dispositivos vitais.

Desvantagens:

  • Não eram potência suficiente para equipamentos como ar condicionado.
  • Terá de armazenar combustível para prevenção.

Geradores de Unidade Fixos

São modelos de geradores grandes, montados permanentemente no exterior da casa ou edifícios. Produzem entre 6 000 a 12 000 watts, permitindo manter uma casa inteira a funcionar com todos os equipamentos.

Vantagens:

  • Geram grandes quantidades de watts.
  • Permitem que equipamentos mais potentes se possam ligar.
  • Elimina o risco de haver cabos de alimentação pelo chão.
  • A maioria dos geradores fixos trabalha a gás.

Desvantagens:

  • São os geradores mais caros do mercado.
  • Requerem instalação profissional.

Características dos Geradores

Os geradores portáteis com rodas são os mais vendidos. Mas qualquer que seja o modelo de gerador que compre certifique-se de que é seguro, fácil de usar e se tem todas as características necessárias.

  • Fonte de alimentação alternativa – a maioria dos geradores funciona a combustível, mas alguns têm possibilidade de ligar a gás natural ou propano.
  • Rodas – permitem mover o gerador mais facilmente.
  • Verificador do nível do óleo – esta opção previne que o motor se danifique ao desligar o gerador quando o óleo fica abaixo do mínimo. Mais comum em geradores fixos.
  • Válvula de combustível – permite verificar o nível de combustível num gerador portátil só com o olhar.
  • Botão de ligar – os geradores portáteis com bateria possuem um botão que basta pressionar para o ligar.
  • Tecnologia inverter – encontra-se em modelos de última geração, faz com que a saída da potência seja mais suave e consistente através de um circuito de microprocessadores.
  • Múltiplas tomadas de saída de vários tipos.
About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*