Banco do Brasil Oferece Nova Opção de Financiamento

O Banco do Brasil já disponibilizou na sua sucursal em Portugal um tipo de financiamento que pode ser uma inovação nesta linha, considerando o que é oferecido pelo setor bancário.

Está dirigido ao público em geral que possui conta bancária na instituição. Os clientes que desejem viajar ao Brasil poderão adquirir as suas passagens na TAP e elas poderão ser financiadas sem juros, com prazos de pagamento de até 6 meses. Oportunidade quase única para matar as saudades da comidinha da mãe.

Este tipo de sistema é tido como benéfico para os clientes, promove a economia, e incentiva a utilização de serviços oferecidos pelos parceiros (neste caso a TAP).

São financiamentos de baixo risco, visto que o cliente terá de garantir o empréstimo com um valor igual ao preço da passagem. Ainda há a vantagem de que o depósito que garante o pagamento da passagem, enquanto o empréstimo está a ser pago, fica a render juros.

Exemplo de Financiamento do Banco do Brasil

Para demonstrar um caso prático: uma passagem para o Brasil, desde Lisboa ou Porto, pode custar entre 800 e 1.200 euros, dependendo da época do ano e da antecedência com que seja feita a emissão da mesma. Considerando que o valor intermédio é de 1.000 euros, o cliente teria que pagar mais ou menos 166 euros por mês. Quer dizer que em seis meses, teria disponibilidade do seu dinheiro, e ainda lucraria alguns euros pelo seu depósito. Se o cliente solicitasse um empréstimo por este valor a situação seria totalmente diferente.

Primeiro o crédito seria por 36 meses, ou seja, ficaria preso ao compromisso por três anos. Adicionalmente se quiser sair do empréstimo antes (amortizar o capital), com certeza terá penalidades. Resumindo e concluindo, acaba por pagar não só os 1.000 euros da passagem, como também 450 euros em juros e comissões, que irá lucrar a instituição financeira.

A única vantagem nesta opção é a parcela inferior. Em vez de pagar 166 euros por mês por seis meses, acaba pagando 40 euros por mês. Há que pensar no seguinte: passar o verão no Brasil, pagar 166 euros mês, e no natal estar livre de dívidas, ou pagar 40 euros por mês e só daqui a três natais estar livre do compromisso mensal? Pode-se complicar o cenário ainda mais.

Se a mesma viagem for feita quatro anos seguidos, no primeiro caso, será sempre igual, na época do natal a pessoa sempre estará livre. Mas no segundo caso a situação muda radicalmente. No ano da quarta viagem estaria a pagar 160 euros por mês. Ou seja, uma diferença de 6 euros e de alguns meses de vínculo à dívida.

Pode-se concluir que se for uma pessoa que gosta de viajar ao Brasil, e também tem o bom hábito da poupança, este financiamento oferecido pelo Banco do Brasil é uma opção boa, não só para quem usa, mas também para a economia do pais. Como dizem os americanos é uma situação win/win! (todos ganham).

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*