Investir no Mercado Financeiro

Certamente, já deve ter reparado, que o mercado financeiro é movimentado através de sucessivos investimentos, sob as mais diversas plataformas da economia mundial. Existem diariamente casos de sucesso e também de insucesso.

  • O que nos faz pensar até que ponto poderá ser uma mais-valia, o investimento nos mercados financeiros?
  • Será que realmente vale a pena?
  • Como podemos entrar nos mercados financeiros e começar a investir?

Bom, a resposta se faz presente, quando verdadeiramente existe um desejo de conhecer a mecânica do funcionamento desses mercados financeiros e estabelecer um conjunto de diretrizes que permitirão alcançar o sucesso nos investimentos.

Sem dúvida, que o mercado da Bolsa de Valores, é um dos principais se não o mais importante fenómeno, dos pequenos e dos grandes negócios. Quando se decide fazer um investimento, faz-se necessário um prévio conhecimento das contrapartidas inerentes a esse investimento, prevenindo-se desta forma o insucesso da aplicação financeira.

Talvez o leitor, não esteja muito familiarizado com, certos termos usados por certos investidores o que faz com que o assunto do investimento em mercados financeiros, seja colocado em segundo plano. Mas saiba, que pelo facto de tratar este assunto com certa indiferença, está a perder grandes oportunidades de mudar até drasticamente, a sua vida financeira.

Como Entrar Então Nos Mercados e Começar a Fazer Investimentos?

Primeiramente, terá de perceber que quando alguém se propõe a investir em algo, tem de estar ciente de que poderá obter resultados bons ou maus, é um risco, sim, mas vale a pena.

É de suma importância, que você se aprofunde um pouco sobre o modo de funcionamento desses mercados, a fim de perceber em que produto financeiro poderá ou não investir. Ter um bom consultor do mercado financeiro, será sempre uma mais-valia, para as decisões que futuramente terá de tomar.

É de extrema importância, estar sempre atualizado com as cotações da Bolsa de Mercados, afim de poder estabelecer prioridades sobre o que investir ou não. Terá de perceber também, o funcionamento do mercado de capitais.

Explicação do Funcionamento do Mercado de Capitais:

  • Por exemplo, uma empresa quer dinheiro!

Para evitar os altos juros cobrados em cima dos empréstimos pelos bancos, uma empresa coloca ações à venda e atrai novos sócios. Eles podem comprar ações ordinárias nominativas (ON), que dão direito a voto nas reuniões dos acionistas, ou preferenciais nominativas (PN), que não dão direito a voto, mas têm preferência da hora da distribuição dos dividendos.

  • O investidor tem dinheiro!

Pessoas, empresas ou bancos que querem multiplicar o dinheiro que têm nas mãos. Eles compram (através de um corretor) ações de uma empresa que acaba de abrir o seu capital ou lançar novas ações.

O dinheiro vai direto para a empresa, sem passar pela Bolsa de Valores. Por isso, esse mercado é chamado de primário. Bancos, corretoras ou distribuidoras de valores mobiliários, ficam com a incumbência de por no mercado, as ações.

Como deve perceber, para entrar neste sistema de investimento dos mercados de capitais é de extrema importância, conhecer o seu funcionamento e os riscos que lhe podem trazer. Lembre-se, que quem não arrisca não petisca!

Prezado leitor, o mercado dos investimentos está sempre em movimento o que exige dos investidores, uma vigilância constante e uma tomada de decisões que permitirão alcançar o sucesso.

São certas e determinadas decisões, que contribuem para um bom investimento ou não, mas sempre serão os investimentos que nos farão mudar o rumo da nossa economia.

Se quer começar o seu caminho de investidor, leia este artigo e aprenda como investir.

Bons negócios!

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*