O Que é, e Como Funciona a Mala Direta

Recebeu uma correspondência sem remetente, com ares de “carta mistério”, e ao abrir foi informado que poderá livrar-se para sempre e permanentemente das pragas que destroem o seu jardim? A mala direta é isso. Uma forma de fazer marketing em massa, direcionada à um público específico, com um modelo único de carta.

Através deste recurso, divulga-se para um número determinado de pessoas, com perfil pré selecionado, um produto, um serviço ou uma informação. É comum receber este tipo de correspondência, ou de e-mail. Principalmente em época de campanha política.

Este é um dos meios mais utilizados pelos candidatos na busca pelo eleitor. Como o nobre deputado lembrou-se de seu nome, e como sabia até o endereço? Antes de decidir dar-lhe o voto, fale com o vizinho, poderá constatar que ele também foi “lembrado”, numa carta igualzinha.

Orientação da Mala Directa

O grande segredo da mala direta é a personalização do público alvo. Quanto melhor direcionada, maior é a garantia do retorno. Por correio manual, ou eletrônico, a intenção é despertar a atenção do cliente, ou mais, despertar a necessidade de compra por parte do cliente. É grande o número de empresas especializadas neste segmento.

E comuns os anúncios em classificados que tentam angariar envelopadores, ou etiquetadores deste tipo de correspondência. A promessa de rendimento mensal aos profissionais que se dedicam à tarefa pode ultrapassar dois mil euros em algumas ofertas.

Essa carta modelo geralmente vem acompanhada de um formulário, que deve ser retornado, devidamente preenchido, ao remetente que faz o anúncio. Na presente época, o ser humano não é somente consumista, é ansioso também. Poucos querem ficar à espera de que o produto chegue à casa. É mais fácil ir ao supermercado. A concorrência também está aí.

Logo, o grande desafio de quem aposta nesta área é tornar o conteúdo anunciado o mais apelativo possível, e muitos já substituíram os formulário de retorno por um número de telefone, onde todas as dúvidas podem ser esclarecidas de forma gratuita.

É verdade, existe uma grande chance de que o possível cliente, não conhecendo o remetente, arremesse a carta para a lata de lixo. Ou, se em forma de e-mail, a inocente publicidade ser marcada com tentativa de phishing. As estatísticas mostram que apenas 5% da publicidade enviada cumpre realmente o seu fim.

Há sites que fornecem conselhos interessantes sobre como melhorar essa estimativa, obter melhor retorno nesse tipo de campanha publicitária, e verificar quantos realmente, por exemplo, acessaram o conteúdo e-mail, que afinal não era vírus, só estavam tentando mostrar o melhor produto para emagrecer já inventado nos últimos tempos.

Se há pretensão de investir neste negócio pode-se utilizar o Microsoft Word  para fazer a carta (no ícone “correspondências” está a opção da mala direta). Ou, o Excel. Pode-se fazer um curso, e ser especialista em mala direta.

Quem Pode Usar o Mala Direta?

O serviço poderá ser contratado por indústrias, comerciantes, condomínios, médicos, dentistas, psicólogos, advogados, contadores, consultores, engenheiros, arquiteto e decoradores, entre outros. Para atingir o mercado desejado, é aconselhável ter cuidado especial quando da compra do banco de dados.

Nem todas as base de dados dispõe do número de telefone daqueles que estão na listagem a ser trabalhada, por exemplo.

Para superar o caminho das pedras, dizem os analistas deste mercado, também há que apostar na eficácia. O modo como está feito o anúncio determinará o sucesso, ou fracasso da mala direta.

Aconselha-se que o conteúdo de uma mala direta nunca seja estritamente técnico ou totalmente comercial. A predominância de um destes dois no conteúdo, e o trabalho feito foi lixeira abaixo, literalmente.

Ponto a observar: A pessoa que determinará a aquisição do produto nem sempre será o usuário do mesmo. Assim, as informações devem ser direcionadas de forma inteligente, no mínimo, de forma útil.

Marketing direto funciona, mas é preciso aprender como.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*