Casas de Madeira: São Boas Alternativas?

A opção de viver em casas de madeira, ganha cada vez mais adeptos por se tratar de uma escolha mais saudável comparativamente às casas erguidas em betão.

Rápidas de construir, as casas de madeira possuem características ímpares que as tornam óptimas para a vivência do dia a dia. A madeira como material orgânico absorve e expulsa a humidade naturalmente. Reduz os níveis de stress, depressão e ansiedade. Está igualmente provado que a propriedade electrostática da madeira ajuda na prevenção de doenças alérgicas (asma por exemplo).

Uma das condições desejáveis para a sua construção é por um terreno se possível já com infra estruturas feitas e entregá-lo ao cuidado de uma empresa, numa operação ou contrato tipo “chaves na mão”.

Em Portugal cada vez mais as noções depreciativas e erradas sobre as casas de madeira, vão-se dissipando, com os exemplos que nos chegam de todo o mundo, e um pouco de todas as regiões do nosso país, não só a nível habitacional, mas hoje já como empreendimentos hoteleiros e outros.

Há aspectos a ter em conta, dos quais depende o sucesso deste tipo de construção. A madeira é um organismo vivo, a sua selecção de modo adequado e a secagem são importantes para ter uma casa saudável e resistente. Requisitos que as empresas existentes no mercado estão aptas a solucionar para garantir uma casa durável.

Muitas pessoas questionam a sua durabilidade. Na Escandinávia por exemplo, como um pouco em todos os países nórdicos existem casas com mais de 600 anos. Podemos admitir o mesmo resultado desde que sejam respeitadas as normas de manutenção de forma correcta.

As casas de madeira são intemporais. Na paisagem urbana é fácil ver um edifício que hoje consideramos moderno, ficar decrépito. As casa de madeira possui uma beleza e qualidade estética que ultrapassa espaços temporais de séculos.

Actualmente as casas de madeira são projectadas com sistemas de desenho e fabrico assistidos por computador, sendo imprescindível o licenciamento legal. Os projectos de arquitectura têm de ser sujeitos a aprovação camarária e tem de haver uma licença de construção.

O mercado das casas de madeira é um mercado com futuro, focalizado sobretudo ao nível de segundas habitações.

Algum tipo de preconceito que possa existir, irá desaparecer quando pela primeira vez entrar numa e sentir todo o conforto e comodidade que a mesma lhe proporciona.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*