Registe as Suas Despesas

Vê a sua conta sempre a descer, mas por mais contas que faça não consegue perceber para onde vai tanto dinheiro. Parece-lhe que o dinheiro voa sem dar por isso?

Durante um mês guarde os talões de tudo aquilo que compra, o que não tem talão, aponte num papel o que gastou e em quê. No final do mês vai aperceber-se que afinal teve muitas despesas que poderiam ter sido evitadas.

No final do mês vai verificar que passaram muitos dias em que jantou ou almoçou fora de casa, ou que gastou um exagero de dinheiro em calçado ou roupa. Agora já sabe no que tem que reduzir, o que deve evitar.

Comece por tomar o pequeno-almoço e o almoço em casa. Sai de casa sem comer e depois pára no café ou na padaria ao lado do seu emprego para tomar o pequeno-almoço? Comece por contar quanto gasta no seu croissant misto e na meia de leite e multiplique por cinco dias da semana e depois por quatro semanas num mês. O valor final é capaz de dar para pagar a conta da electricidade ou da água. Se trabalha longe de casa e tem por hábito almoçar num restaurante ou café, porque não levar o seu almoço de casa? Um Tupperware com comida ou os restos do jantar e aquecer no microondas do emprego, ou noutros dias uma boa sanduíche, com fruta e um iogurte. Pode alimentar-se de forma saudável e poupando muito. Pode não o fazer sempre, mas quando se aperceber do dinheiro que poupa, vai optar por este método.

Registar Despesas

Relativamente à roupa ou calçado. Pode reciclar algumas t-shirts ou calças mais antigas adicionando-lhe um toque seu, basta que seja original. Uma boa opção é também reunir-se com as suas amigas e entre todas fazerem uma remodelação dos vossos armários, possivelmente aquela camisola que você já não usa há muito pode agradar a uma amiga e outra peça que ela tem agradar-lhe a si, assim pode poupar muito mais e renovar na mesma o armário. Se a única opção for comprar, evite as lojas caras e compre só mesmo o que precisa, não compre roupa para ficar guardada e não usar.

Referi estes gastos, mas independentemente do tipo de despesa a mais que tenha, deve fazer um esforço para que nos mês seguinte tenha gasto menos e não venha a cometer desperdícios noutros pequenos luxos. Deve controlar as suas despesas todos os meses, até conseguir “afinar” as suas contas.

Assim, vai vigiar mais de perto o seu orçamento e saber em que altura pode mimar-se com um pequeno luxo ou quando é que deve “apertar o cinto”.

Crédito da Foto

About Rosa Reis
Rosa Reis ajuda-o com as melhor dicas para poupar dinheiro.

Leave a comment

Your email address will not be published.

*