O Guia Essencial Para Aprender Como Economizar

Para conseguir contrariar as dívidas e melhorar as suas finanças pessoais, é fundamental aprender como economizar em todas as áreas da sua vida. Neste artigo vai conhecer algumas formas simples de poupar dinheiro.

Quando as suas despesas mensais são maiores do que os rendimentos é preciso parar e tomar as rédeas das finanças pessoais. Além de precisar de ganhar mais dinheiro, vai necessitar de aprender como economizar o mais possível.

Aprender a Economizar

Apesar de serem ideias simples, quando as coloca todas em prática consegue uma boa poupança no final do mês. Pouco a pouco irá baixar as suas despesas. É preciso que enfrente estas poupanças de frente, para que nada seja impossível. Talvez tenha de mudar um pouco (ou muito) o seu estilo de vida, mas é o preço a pagar para colocar as suas finanças pessoais em ordem.

Tente pensar menos naquilo que vai ter de perder e mais naquilo que vai ganhar quando não tiver dívidas. Algumas das dicas que aqui damos aplicam-se a pessoas que estão com a corda na garganta e precisam mesmo de reduzir custos.

Economizar Com Bons Negócios

Ainda antes de conhecer as várias formas de economizar, é importante conhecer a melhor forma de encontrar bons negócios. Nunca compre nada que não precise, mesmo que esteja em promoção. Compre apenas as coisas de que realmente precisa. Se não consegue resistir a uma ‘excelente’ promoção, então tem um problema de fundo nas suas finanças pessoais e no seu comportamento enquanto consumidor.

Aprenda Como Economizar na Comida e Seja Mais Saudável

A alimentação é normalmente uma das despesas onde se pode aprender como economizar bastante, através da confecção de mais refeições em casa. Além de ser mais barato, é também mais saudável porque tudo o que come é feito em casa.

Aqui ficam algumas dicas:

  • Não tome o pequeno-almoço fora de casa. Sai mais caro e é menos saudável. Prepare o seu próprio café.
  • Passe a fazer jantares fora de casa apenas em ocasiões especiais. Dará mais valor a essas refeições e conseguirá economizar bastante dinheiro.
  • Experimente celebrar um dia especial com um piquenique em vez de uma refeição num restaurante. Será tão ou mais divertido, e muito mais barato.
  • Se tiver espaço em casa, cultive os seus próprios legumes, vegetais e frutos. Além de mais saudáveis, são muito mais económicos.
  • Planeie todas as refeições durante o fim-de-semana. Desta forma sabe exactamente o que tem de comprar no supermercado para confeccionar as refeições ao longo da semana seguinte.
  • Vá ao supermercado apenas quando necessitar de fazer as compras da semana ou do mês. De cada vez que vai ao supermercado, acaba por trazer coisas que não precisa.
  • Sempre que fizer uma refeição, dobre a receita e guarde metade. Sempre que chegue tarde a casa durante a semana, basta tirar a comida do congelador e aquecer. É muito melhor do que ir comprar alguma coisa já feita, mais cara e de qualidade inferior.
  • Opte por comprar marcas brancas sempre que possível. Experimente o produto, se gostar passe a comprar essa marca.
  • Compre o mínimo possível de comida pré-cozinhada porque sai bastante mais caro do que comprar os ingredientes individualmente e cozinhar em casa. Se fizer as receitas a dobrar, nem sequer precisa de perder muito mais tempo.
  • Se costuma beber álcool, opte por marcas mais baratas. Melhor ainda é reduzir ou eliminar as bebidas alcoólicas.
  • Sempre que um alimento estiver em promoção e tenha uma longa validade, compre muitas unidades. Pode poupar bastante dinheiro com esta técnica, se for bem aplicada.
  • Não compre alimentos fora de prazo só porque são mais baratos. A qualidade e segurança devem estar acima de qualquer coisa.
  • Não compre alimentos em grande quantidade, por estarem em promoção. Se não precisar, não interessa o preço a que estão, não valem a pena!
  • Passe a levar almoço para o emprego. Se não quiser eliminar totalmente as refeições fora de casa, pelo menos reduza algumas.

Como Economizar na Casa

A sua casa é provavelmente a maior fonte de despesas nas suas finanças pessoais, principalmente se é o dono da casa. O custo das reparações, impostos, rendas e condomínios, pode levá-lo quase à falência. No entanto, saiba que pode economizar bastante com as seguintes dicas.

Arrendatários

Se a casa não é sua e paga uma renda mensal:

  • Procure uma casa onde pague uma renda mais baixa. Quando estiver a terminar o contrato, mude.
  • Vá morar para casa dos seus pais ou de algum familiar que tenha disponibilidade em ajudá-lo.
  • Procure alguém com quem possa partilhar a renda. Funciona bem se viver sozinho.

Habitação Própria

Se é o dono da sua casa e ainda está com um crédito habitação:

  • Procure um crédito habitação mais favorável para a sua situação financeira.
  • Alugue um dos quartos a estudantes ou trabalhadores temporários, por exemplo emigrantes de curta duração.
  • Alugue a sua casa a outra família e mude-se para uma casa mais barata. O dinheiro que sobrar é para pagar as suas dívidas mais rápido.
  • Venda a casa, se não tem outra alternativa. Se continuar a perder dinheiro todos os meses, é preferível vender a sua casa agora e ganhar algum dinheiro do que perdê-la para o banco mais tarde.

Contas Relacionadas Com a Casa

Os custos de ter uma casa com todas as comodidades podem ser bastante elevados. Analise as seguintes sugestões:

  • Reduza o ar condicionado para aquecer ou arrefecer a casa. Aproxime dois ou três graus em direcção à temperatura ambiente ou elimine por completo a climatização.
  • Diminua a temperatura do seu esquentador para que a água venha um pouco menos quente do que o normal. Muitas pessoas mantêm o esquentador a aquecer o máximo possível, mesmo quando não necessitam.
  • Procure planos alternativos para as contas de electricidade, como horários económicos e tarifas bi-horárias.
  • Mande isolar correctamente a sua casa para que a temperatura do exterior não entre e a temperatura do interior não saia.
  • Utilize ventoinhas em vez do ar condicionado, para arrefecer a casa.
  • Estenda a roupa fora de casa em vez de utilizar máquinas de secar roupa. Além disso, a roupa durará mais tempo se secar ao ar livre.
  • Tome duche em vez de banho. Todos os banhos devem ser reduzidos ao mínimo.
  • Compre luzes fluorescentes para substituir as incandescentes.
  • Utilize a máquina de lavar loiça apenas quando estiver cheia.

Como Economizar em Transportes

Depois dos custos com a casa, os transportes são a segunda maior despesa para muitas pessoas. É uma das primeiras áreas onde deve começar a poupar quando as coisas se apresentam mais complicadas.

Aqui ficam algumas ideias para ajudar.

Economizar nos Transportes

Deixar o Carro em Casa

Em vez de utilizar o carro próprio, opte por:

  • Transportes públicos
  • Bicicleta
  • Ir a pé
  • Partilhar transporte com alguém

Claro que nem sempre é possível alterar para uma destas opções, mas se for o seu caso, aproveite. Por exemplo, se for de transportes públicos pode aproveitar esse tempo para relaxar e ler um livro. Se optar por ir de bicicleta, estará a fazer exercício físico moderado.

Poupar nos Combustíveis

Procure os combustíveis mais baratos na sua zona de residência e muitas vezes compensa ir um pouco mais longe para poupar algum dinheiro com o combustível do seu veículo.

Se tem um carro velho, que gasta muito, considere seriamente a opção de o trocar por um carro mais eficiente no consumo.

Não utilize um combustível mais caro do que aquele que faz o seu carro andar sem problemas. Deixe as marcas de gama mais alta para quem quer gastar mais dinheiro.

Reparações ao Carro

Aprenda a fazer pequenas reparações e manutenções no seu carro. Mudar o óleo, lavar o carro e outras tarefas simples podem ser aprendidas por si. Pode perder algum tempo, mas se está em dificuldades financeiras, é uma boa opção.

Procure um mecânico de confiança na sua zona. Não é fácil encontrar mas se deixar o seu carro sempre na oficina da marca, não ganha para sustentar o carro… A maior parte das reparações que são feitas nos veículos são simples para qualquer mecânico.

Economizar na Diversão

Trocar Livros e Filmes

Em vez de comprar livros, opte por pedir emprestado a amigos ou por frequentar a biblioteca da sua cidade. O mesmo se aplica a filmes e vídeo jogos. Há inclusivamente sites que permitem trocar os seus objectos usados (como os livros) com outras pessoas na mesma situação.

Aproveitar a Natureza

Há imensas coisas que pode fazer ao ar livre, sem ter de gastar muito dinheiro.

Por exemplo:

  • Andar de bicicleta
  • Andar a pé
  • Correr
  • Fazer um piquenique
  • Pescar
  • Ver o pôr-do-sol
  • Ler debaixo de uma árvore

Aproveite a piscina municipal da sua zona de residência, que tem preços mais baratos do que as piscinas privadas.

Jogos de Tabuleiro

Como se fazia antigamente, utilize os velhos jogos de tabuleiro para se divertir.

Pode:

  • Jogar damas
  • Jogar xadrez
  • Jogar às cartas
  • Jogar monopólio
  • Fazer puzzles
  • Fazer palavras cruzadas
  • Jogar sudoku

Aproveitar Descontos

Aproveite os descontos e promoções para ir ver um filme ou jantar fora. Se conseguir ter um bilhete gratuito com a utilização do seu cartão de cliente, aproveite.

Se frequentar locais de diversão fora das horas de maior movimento, existem boas promoções para cativar os clientes.

Não é preciso gastar muito dinheiro para se divertir. Utilize a sua imaginação e aproveite os momentos em família para economizar na diversão, sem deixar de passar bons momentos.

Economizar nos Tratamentos de Beleza

Todos querem melhorar a sua aparência física, mas é possível fazê-lo poupando também dinheiro. Quando tem muito dinheiro, pode dar-se ao luxo de ir aos sítios mais caros para se produzir em spas, cabeleireiros, personal trainers, ginásios, etc. No entanto, se está a passar por dificuldades financeiras é preciso parar com esses luxos e economizar na forma de melhorar a sua aparência física.

Manicura, Pedicura e Cabelo

Estes dois tratamentos são muito usuais serem feitos fora de casa, mas se precisa de economizar opte por fazer em si mesma ou em convidar uma amiga.

Quanto ao cabelo, opte por fazer os cortes em casa (mais fácil se for um homem) e pintar o cabelo com menos frequência. Se tem filhos, comece também a cortar-lhes o cabelo em casa.

Aproveitar Escolas de Beleza

Sabe que existem escolas de beleza em várias áreas (massagens, cabeleireiros, etc.) que utilizam a comunidade para treinar os seus alunos. Estes são supervisionados pelos professores e podem fazer-lhe alguns tratamentos de beleza por preços muito baixos, ou até gratuitamente.

Eliminar Acessórios

Se é uma daquelas pessoas que compra cremes e loções para tudo, vai ter de parar de comprar as marcas mais caras. Se não consegue mesmo viver sem estes produtos de beleza, opte por comprar as marcas brancas das lojas da especialidade. São bastante mais económicas e fazem o serviço de igual forma.

Ginásios

O exercício físico é muito saudável, mas se está numa situação de endividamento, tem de optar por um ginásio ou health club mais baratos. Se é daquelas pessoas que paga a mensalidade mas nunca lá põe os pés, desista. Quando tem dinheiro disponível pode dar-se a essa excentricidade, mas quando não tem precisa de a eliminar.

Estas são apenas algumas formas simples de economizar na forma como trata da sua beleza exterior. Continue a ter cuidado e a fazer exercício físico, mas opte pelas soluções mais económicas. Em vez de nadar na piscina do ginásio pode nadar na piscina municipal por uma fracção do preço.

Economizar no Vestuário

O vestuário é, para algumas pessoas, um poço sem fundo nas despesas. Mas é possível economizar na sua roupa, principalmente se estiver a passar por problemas financeiros e tem de decidir onde fazer cortes. Com um pouco de planeamento, conseguirá encontrar bons negócios e boas peças de roupa para enfrentar os dias difíceis que aí vêm. Basta que elimine as compras compulsivas e procure os locais e alturas certas para as compras. Muitas vezes nem sequer precisa de comprometer a qualidade do vestuário.

Aqui ficam algumas dicas para economizar na forma de vestir da sua família.

Comprar Só Quando Precisa

A verdade é que a maior parte das pessoas não compra roupa quando precisa, mas antes por outros factores. Pode ser por diversão, por aborrecimento, etc. Não faça isso! Compre roupa apenas quando precisa de trocar alguma peça que já não possa utilizar.

No final da época, durante o período de saldos, faça as contas aquilo que precisa de comprar. As roupas que se gastaram e estão demasiado velhas. As roupas que já não servem aos seus filhos. As roupas que se estragaram. Aproveite a época dos saldos para repor a situação para o ano seguinte. No entanto, não deite fora um par de calças para comprar dois…

Comprar em Locais Mais Baratos

Compre a roupa em hipermercados, feiras e outros locais de descontos. Não se deixe impressionar por marcas (pelo menos numa altura em que não tem dinheiro para o fazer) e opte por roupa simples.

Se tem crianças, compre a roupa um pouco mais larga para durar mais algum tempo. Poderá poupar dinheiro durante alguns meses. Também não compre peças de roupa muito caras, se os seus filhos estão numa fase de crescimento acelerada.

Trocar Roupa

Cada vez há mais lojas de roupa usada, por isso faça uma pesquisa e procure os locais onde o pode fazer perto de casa. Analise também a possibilidade de trocar de roupa com amigos e familiares. Em último caso, se tem capacidade, faça algumas peças de roupa para a sua família. Casacos de lã, camisolas, etc.

São dicas simples de colocar em prática e se deixar para trás os preconceitos relativamente a roupa mais barata, conseguirá economizar no seu vestuário sem deixar de andar convenientemente arranjando.

Poupar Dinheiro em Telefones

Nos últimos vinte anos os custos com as telecomunicações pessoais dispararam. Não há ninguém que não tenha um ou mais telemóveis em casa, um telefone fixo, televisão por cabo e internet, etc. As empresas de telecomunicações aproveitaram esta onda de euforia para lançarem produtos e serviços opcionais que acabam por nos fazer gastar mais dinheiro do que o estritamente necessário. Muitos dos opcionais são boas ideias mas não são importantes. Se quer economizar, abata-os.

Algumas das ideias para poupar dinheiro, sem deixar de estar contactável, incluem:

Procurar o tarifário mais baixo no mercado, já que as empresas de telecomunicações estão num dos mercados mais agressivos em termos de competição. Aproveite os preços baixos e as promoções que fazem regularmente. Opte também por escolher o melhor tarifário para o seu perfil enquanto consumidor.

Cancele o seu telefone fixo e passe a fazer chamadas a partir da internet. Estes serviços voIP são extremamente competitivos e têm uma qualidade bastante boa, se você tiver uma ligação de banda larga em casa. Muitos dos planos existentes permitem chamadas nacionais gratuitas e chamadas internacionais a preços muito baixos. Talvez precise de comprar um headset para fazer as chamadas telefónicas com mais qualidade, no entanto o preço destes equipamentos é muito baixo e compensará com o que vai poupar eliminando a mensalidade da sua linha fixa.

Se tiver serviços extra no seu telefone, que sejam pagos, elimine-os para poupar dinheiro. Serviços como o voice mail, waiting rings, ringtones, etc. Só se precisar mesmo de os utilizar é que os deve manter, tudo o resto é para deitar fora.

Analise os planos familiares e as operadoras de baixo custo, porque têm normalmente descontos de quantidade de utilizadores (no caso dos planos familiares) e os serviços mais básicos (no caso das operadores low cost).

Como Reduzir as Despesas Com os Seguros nas Finanças Pessoais

Os seguros são importantes para estar protegido em situações de azar, por isso não deve eliminar estas despesas essenciais. Os azares acontecem e mais vale estar prevenido. No entanto, é possível reduzir as despesas com os seguros. Precisa de estar atento ao mercado para conseguir os melhores negócios para si e para a sua família.

Tem de conseguir todos os descontos possíveis. Negocie arduamente com todas as companhias de seguros, em todos os pontos. Tem de ficar com o melhor seguro possível que conseguir pagar. Elimine todos os opcionais que não façam sentido, mas garanta as coberturas essenciais.

Seguros Habitação

Saiba o que pode fazer para reduzir nas despesas com seguros habitação. A zona onde vive pode influenciar o preço a pagar. Saiba se comprar cadeados para as portas ou detectores de fumo dão direito a reduções de preço. Se tem segurança privada, isso deve-lhe garantir um bom desconto.

Saiba mais sobre os seguros multirriscos/habitação.

Seguros Automóvel

Os seguros automóveis também fazem parte de um mercado bastante competitivo, principalmente com o aparecimento das empresas low-cost. Aqui ficam algumas formas de economizar nestes seguros.

Quando o carro começar a ficar velho, baixe as coberturas que o protegem. Se paga mais de seguro do que o carro vale, está a fazer um mau negócio. Outra opção é aumentar a franquia (o valor que você tem de pagar) no caso de acidente.

Compre carros com cilindradas mais baixas, mais amigos do ambiente, com menos probabilidade de roubo. Os carros de segmentos mais elevados atraem muito mais despesas e as vantagens não são assim tantas como isso.

As seguradoras costumam ter acordos com várias organizações e empresas. Certifique-se se não existem empresas ou organizações a que pertence, que tenham algum acordo vantajoso para si.

Para saber mais leia os melhores artigos sobre seguros automóveis.

Os seguros de saúde e os seguros de vida também são importantes na vida de uma família, mas devem também ser analisados na busca do melhor preço para as suas necessidades. Depois de ter reduzido as suas despesas com seguros, está na altura de pensar em ganhar dinheiro.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

1 Comment on O Guia Essencial Para Aprender Como Economizar

  1. Angela // 11/09/2011 at 13:13 //

    Gostei do conteudo.

Leave a comment

Your email address will not be published.

*