Guia Para Investir no Forex

Quer ganhar dinheiro a investir no Forex? Actualmente é possível investir nestes mercados sem sair de casa e se aprender como funciona, conseguirá alguns rendimentos interessantes.

O Forex (FX ou Foreign Exchange) é um dos mercados mundiais mais na moda, porque até há pouco tempo era um mercado a que apenas as grandes empresas, fundos de investimento, bancos e grandes investidores podiam aceder. Com o aparecimento da internet tudo isto mudou e agora qualquer investidor pode comprar e vender moeda facilmente, sem ter de sair de casa, utilizando uma empresa de corretagem on-line.

Como Funciona o Forex

As flutuações do câmbio são geralmente muito baixas, movendo-se menos de um cêntimo diariamente, o que representa menos de 1% do valor do câmbio. Isto faz com que este mercado de investimento seja um dos menos voláteis em todo o sistema financeiro.

Para conseguir ter um bom potencial de rendimento, precisa de comprar muita moeda para que a valorização seja significativa. O risco é maior, mas como este mercado funciona 24 horas por dia e existe liquidez bastante elevada, os correctores on-line conseguem criar estes investimentos rentáveis para os investidores mais pequenos.

A liquidez deste mercado e a possibilidade de comprar muita moeda, ajudou ao crescimento muito rápido deste mercado, o que faz dele um dos mais indicados para muitos investidores tradicionais. Pode comprar e vender uma posição em poucos minutos, porque há sempre vendedores e compradores, ou pode manter a sua posição durante vários meses.

Os preços do câmbio são baseados na oferta e na procura, e não são facilmente manipuláveis porque a dimensão deste mercado é tão grande que nem os grandes investidores, como os bancos, conseguem criar tendências de preços.

O mercado Forex oferece muitas oportunidades para os investidores, principalmente os investidores que não têm muito dinheiro para o mercado de capitais. No entanto, para ter sucesso, um investidor tem de compreender o básico por detrás dos movimentos dos câmbios. Vamos aprender nos próximos dias como funciona melhor este mercado e como pode aproveitar para colocar alguns dos seus rendimentos.

Irá aprender o básico deste tipo de investimentos, os conceitos chave e aprender algumas estratégias para começar a ganhar dinheiro.

O mercado de câmbio é o local onde são transaccionadas as moedas, que são tão importantes para a maior parte da população ao cimo da terra, mesmo que não se apercebam. As moedas estrangeiras precisam de ser trocadas para que possam existir negócios internacionais. Se morar na Europa e quiser ir aos Estados Unidos, precisa de cambiar euros para dólares, de forma a aceitarem o seu dinheiro localmente. Com as empresas é a mesma coisa. É preciso cambiar esses euros em dólares, mediante uma taxa de câmbio em vigor naquele momento.

Esta necessidade para trocar moeda é a razão principal para que o mercado Forex seja o maior mercado financeiro do mundo. É enorme quando comparado com qualquer outro mercado, mesmo com as maiores praças mundiais de acções.

Características do Forex

Uma das características deste mercado internacional é que não existe uma praça central para as transacções. Tudo acontece electronicamente, durante 24 horas por dia. O mercado está aberto durante cinco dias por semana e as moedas estão a ser transaccionadas em todos os grandes centros financeiros mundiais.

Quando o dia termina nos Estados Unidos, começa no Japão, o que faz dele um mercado muito activo a qualquer altura do dia ou da noite. Os preços estão constantemente a mudar.

Formas de Negociar

Existem três formas de negociar no Forex:

  • Spot market
  • Forwards market
  • Futures market

Spot Market

As transacções no spot market são as maiores nos mercados, porque é onde está o valor real e é a base para os outros dois tipos de transacções. É o mercado preferido dos investidores individuais, desde que foi aberto a este tipo de investidores.

O spot market é onde as moedas são compradas e vendidas, de acordo com o preço em vigor. Esse preço é determinado pela oferta e procura e reflecte várias coisas, incluindo as taxas de juros, as performances económicas, o sentimento político e outras percepções do potencial de valorização no futuro.

Quando um negócio é finalizado, é conhecido por spot deal e consiste numa transacção bilateral em que uma parte entrega uma quantidade de moeda e recebe outra quantidade de outra moeda, de acordo com a taxa de câmbio da altura. Depois de a posição estar fechada, o acordo é feito em dinheiro.

Estas transacções demoram dois dias a serem concluídas.

Forward e Future Markets

Ao contrário do spot market, estes dois mercados não transaccionam as moedas correntes. Em vez disso, negociam preços por unidade e datas futuras para os acordos.

Estes mercados podem oferecer mais protecção contra o risco de cambiar moedas. As grandes empresas são as que utilizam estes mercados para gerirem futuras flutuações de câmbios.

Ler Uma Cotação

Quando uma moeda é cotada, é sempre com a relação que existe com outra moeda, sendo que o valor de uma é reflectido no valor da outra. Por exemplo, se estiver a interpretar a taxa de câmbio entre um dólar americano (USD) e um euro (EUR), a cotação no forex será:

  • EUR/USD = 1,4244

Isto é um par de moedas, em que a moeda do lado esquerdo é a moeda base e a moeda do lado direito é a moeda de cotação. A moeda base é sempre no valor unitário, neste caso 1 EUR e a outra moeda é o equivalente a essa unidade, neste caso US$1,4244.

Este par de moedas significa que 1 euro pode comprar 1,4244 dólares americanos. O euro é uma moeda mais forte relativamente ao dólar. São sempre utilizadas as abreviaturas da moeda, neste caso o EUR e USD.

 

Par de Moedas Directo e Indirecto

Existem duas formas de cotar um par de moedas. Directamente ou indirectamente.

Uma cotação directa é simplesmente um par em que a moeda doméstica é a moeda base. Numa cotação indirecta, a moeda doméstica é a moeda cotada.

No nosso exemplo, se olharmos para o euro como a moeda doméstica e o dólar como a moeda estrangeira, uma cotação directa seria EUR/USD, enquanto uma cotação indirecta seria USD/EUR.

A cotação directa varia a moeda estrangeira e a base mantêm-se fixa na unidade. Na cotação indirecta, por outro lado, a moeda doméstica é variável e a moeda estrangeira é fixa na unidade.

Por exemplo, se o euro for a moeda doméstica, a cotação é 1,4244 EUR/USD e significa que 1 euro pode comprar 1,4244 dólares americanos.

A cotação indirecta para este par de moedas é o inverso (1/1,4244), o que significa 0,7020 USD/EUR. Quer isto dizer que 1 dólar americano apenas consegue comprar 70 cêntimos de euro.

No mercado Forex, a maior parte das moedas é transaccionada contra o dólar americano e este é frequentemente a moeda base no par de moedas. No entanto, existem excepções e o euro começa a ganhar terreno para se tornar como uma das moedas de referência.

A maior parte das taxas de câmbio são cotadas com quatro dígitos após a casa decimal, com a excepção do yen, que tem apenas duas.

Comprar e Vender Pares de Moeda

Como na maior parte dos mercados financeiros, quando está a negociar um par de moedas existe um preço de compra (bid price) e de venda (ask price). São sempre em relação à moeda base.

Quando compra um par de moeda, o preço de venda refere-se à quantidade de moeda cotada que tem de ser utilizada para comprar uma unidade da moeda base. Por quanto dinheiro é que o mercado vende uma unidade da moeda base em relação à moeda cotada.

O preço de compra é utilizado quando se vende um par de moeda e reflecte a quantidade de moeda cotada que será conseguida quando se vende uma unidade da moeda base. Quanto é que o mercado paga pela moeda cotada em relação à moeda base.

Na cotação, o valor antes da barra (/) é o preço de compra e os dois dígitos depois da barra representam o preço de venda. Repare que o preço de compra é sempre inferior do que o preço de venda.

EUR /USD= 1.4260/62

  • Compra = 1.4260
  • Venda = 1.4262

Se quiser comprar este par de moedas significa que pretende comprar a moeda base (o euro) e procura saber o preço pedido em dólares americanos por 1 euro. De acordo com este preço de venda, pode comprar 1 euro por 1,4262 dólares.

No entanto, para vender este par de moedas, ou vender a moeda base em troca da moeda cotada, precisa de olhar para o preço de compra. É esse preço que lhe diz por quanto é que o mercado está a comprar 1 euro. O mercado está a comprar 1 euro por 1,4260 dólares.

Qualquer que seja a moeda que apareça em primeiro lugar na cotação (a moeda base) é sempre essa que pretende transaccionar. Quer comprar ou quer vender.

Spreads e Pips

A diferença entre o preço de compra e o preço de venda é denominado por spread. Se olharmos para a cotação EURO/USD = 1.4260/62, o spread é de 0,0002, também denominado por 2 pontos (pips).

Embora estejamos a ver pequenos movimentos nos pontos e nos spreads, basta uma variação de apenas um ponto, para que consiga ganhar ou perder milhares de euros, devido à quantidade de moedas que possui. Qualquer variação mínima pode resultar em grandes lucros ou prejuízos.

O pip (ou ponto) é o valor mínimo que um preço pode variar. No caso do euro, esse valor é de 0,0001. No caso do yen, como já vimos, é de 0,01 porque tem apenas duas casas decimais.

Para ter uma ideia mais clara, a maior parte das variações de pontos (pips) encontra-se entre os 100 e os 150 por dia.

Mercados a Prazo (Forward) e Futuro (Future)

Nestes mercados, a moeda estrangeira é sempre cotada contra o dólar americano, ou seja, quantos dólares serão precisos para comprar uma unidade da moeda cotada. No spot market (mercado à vista), as moedas são cotadas umas contras as outras.

Com estas informações, já conseguirá ler uma cotação e entender o que significa.

Vantagens do Forex

Um dos principais benefícios já mencionados corresponde ao tamanho e à forma como este mercado está estruturado. Foi isso que permitiu o seu sucesso tão rapidamente.

Como o mercado é extremamente líquido, os investidores podem fazer grandes ordens de compra sem que isso afecte qualquer cotação. Além disso, os corretores têm normalmente comissões bastante baixas.

Esta possibilidade de alavancar os negócios funciona como uma faca de dois gumes, porque os investidores podem ganhar muito dinheiro com pequenas variações de subida, mas podem também perder muito dinheiro se a moeda em que investiram baixar.

Outra das vantagens deste mercado é que é o único que funciona 24 horas por dia, com uma liquidez bastante interessante. É o ideal para todos os que desejam investir em part-time, porque podem acompanhar e tomar decisões no final do dia enquanto o mercado continua a funcionar. Como há grandes potências económicas em todos os fusos horários, é sempre possível fazer bons negócios. Por exemplo, se investir à noite na Europa, está a investir durante o horário laboral nos Estados Unidos. Quando o mercado americano está a fechar, o japonês está a abrir.

Riscos do Forex

Como em tudo na vida, não há só vantagens. Também existem riscos e desvantagens associadas ao investimento neste mercado. Na verdade o risco de investir é mais elevado no Forex do que no mercado accionista.

O alavancar extraordinário das transacções do mercado Forex faz com que grandes ganhos possam rapidamente transformar-se em grandes prejuízos. Bastam poucos minutos para que isto possa acontecer.

É muito importante que tenha isto em mente, principalmente se nunca investiu neste mercado. O mercado reage muito rapidamente à informação económica lançada, fazendo grandes variações nos pares de moedas. Isto deve-se à quantidade elevada de dinheiro e de investidores presentes em qualquer momento do dia.

As moedas não têm variações tão significativas como as acções, que podem descer rapidamente se uma empresa anunciar maus resultados. No entanto, é o volume de negócios que cria a volatilidade.

Por exemplo, se utilizar um investimento de 100:1 em 1.000 euros, significa que controla 100.000 euros em capital. Se colocar esses 100.000 numa moeda e essa moeda variar 1% para baixo, o valor do seu capital baixou para 99.000 euros, uma perda de 1.000 euros, ou seja, todo o capital que investiu.

No mercado de acções, perder 1% de 1.000 euros significa perder 10 euros. Por isso é importante conhecer bem os riscos envolvidos no mercado Forex.

Diferenças Entre Forex e Bolsa de Valores

Uma das principais diferenças entre o Forex e um mercado accionista é o número de opções para as transacções. Enquanto na bolsa de valores, pode transaccionar milhares de títulos, no Forex resumem-se a sete pares de moedas diferentes.

Os quatro maiores:

  • EUR/USD
  • USD/JPY
  • GBP/USD
  • USD/CHF

Mais os três pares de moedas commodity:

  • USD/CAD
  • AUD/USD
  • NZD/USD

Todos os outros pares são combinações das mesmas moedas, conhecidas como moedas cruzadas (cross currencies).

Isto faz com que o mercado Forex seja mais simples de investir porque em vez de procurar as acções mais interessantes dentro de milhares de opções, só precisa de estar a par dos climas políticos e económicos de oito economias.

As comissões são muito mais baixas no Forex do que no mercado accionista, principalmente porque as margens são baixas mas a alavancagem é muito elevada, por isso não precisam de grandes valorizações para ganhar dinheiro.

Já tem tudo o que precisa para testar os seus conhecimentos no mercado Forex.

Abrir Uma Conta Forex

Investir no forex é como investir no mercado accionista porque precisa de uma conta com uma empresa corretora. Como no mercado de acções, cada corretor forex é diferente do outro. É preciso conhecer alguns factores importantes antes de seleccionar uma conta forex.

Leverage Forex

O leverage (ou alavancagem) é a possibilidade de controlar grandes quantidades de capital investindo pouco capital próprio. Quanto maior for o leverage, maior é o risco. O leverage depende do tipo de conta que tem, mas a maior parte utiliza 50:1.

Um leverage 50:1 significa que por cada euro que você tem na conta, está a controlar 50 euros. Se tiver 1.000 euros investidos, o corretor vai emprestar-lhe 50.000 euros para transaccionar no mercado.

Esta alavancagem financeira é vista como um dos principais benefícios do mercado forex, porque permite grandes ganhos com pouco investimento. No entanto, também funciona de forma inversa e as suas perdas podem ser muito maiores. Pode inclusivamente perder mais dinheiro do que aquele que investiu inicialmente, no entanto a maior parte das empresas tem medidas defensivas que impedem que a conta fique negativa.

Quando abrir a conta e optar pelo leverage, é preciso estar bem seguro dos riscos que está a correr.

Comissões do Forex

Outro dos grandes benefícios de investir no forex é que não existe praticamente comissão, ao contrário do que existe no mercado accionista em que tem de pagar por cada transacção. No forex está a negociar directamente com o mercado e não precisa de intermediários.

Os participantes no mercado ganham o seu dinheiro ficando com o valor do spread, que é a diferença entre o preço de compra e o preço de venda.

Como Negociar no Forex

Agora que já conhece algumas características importantes de quando vai abrir o forex, saiba o que é que pode fazer exactamente com essa conta.

A principal forma de negociar no forex é da mesma forma que o faz em qualquer mercado. Comprando e vendendo pares de moedas. Compra uma moeda que esteja mais fraca hoje, para a conseguir vender amanhã.

Por exemplo, se comprar o par EUR/USD, significa que vai fazer dinheiro quando este par de moedas subir e perder dinheiro se descer. Este par de moedas sobe se o euro ganhar valor relativamente ao dólar. Neste caso está a apostar que o euro vai subir.

Tipos de Operações

Tal como nas acções, pode utilizar uma ordem de mercado com ou sem limite. Se comprar sem limite, está disposto a pagar o que o mercado pedir naquele momento. Se optar por colocar um limite, apenas vai transaccionar a moeda se atingir determinado valor.

Pode também optar por uma stop-loss, que significa um valor a partir do qual não está disposto a descer, para não perder mais dinheiro.

Para quem já negociou na bolsa de valores, o mercado forex é ainda mais simples. Tendo tudo isto em atenção, estará mais prevenido para investir no forex.

About O Investidor

O Investidor explica como investir corretamente em vários ativos: Ações, Forex, Petróleo, Índices, Ouro

E para começar a investir já hoje, fizemos uma parceria com a PLUS500 para lhe oferecer 25€ gratuitamente!

Clique aqui para ganhar 25€ e começar a investir agora

1 Comment on Guia Para Investir no Forex

  1. hugo // 23/01/2010 at 16:50 //

    Como funciona depois as taxas? Por ex. vivendo em portugal, se tiver alguns ganhos na forex, terei de pagar algumas taxas sobre o k ganhei ao governo portugues? se sim de quanto seria? Obrigado

Leave a comment

Your email address will not be published.

*