Crédito Pessoal Online: Com e Sem Hipoteca

O crédito pessoal é um dos muitos tipos de créditos existentes no mercado e existem normalmente em duas formas: com hipoteca e sem hipoteca.

Para conhecer melhor como funcionam, veja uma introdução ao crédito pessoal.

Créditos: Pessoal Sem Hipoteca

Um seguro pessoal sem hipoteca tem taxas de juros mais elevadas mas não precisamos de dar garantias como forma de garantir o pagamento.

Créditos: Pessoal Com Hipoteca

Os créditos pessoais com hipoteca conseguem melhores taxas de juro, mas em compensação precisamos de dar os nossos bens como garantia de bom pagamento.

Calcular Condições de Acesso

A primeira coisa a fazer é calcular as condições económicas, através do levantamento dos nossos bens, do detalhe dos nossos rendimentos e do detalhe das nossas despesas.

Peça na empresa onde trabalhar, uma confirmação dos rendimentos mensais que aufere e do tipo de contrato que tem. O tipo de contrato é muito importante para a forma como as instituições financeiras vêm o nosso risco no pagamento das mensalidades até ao final do crédito pessoal.

Pesquisar Financeiras de Crédito Pessoal

Se não tiver condições para contrair um empréstimo pessoal numa instituição financeira de grande dimensão, considere as opções mais especializadas que conseguem negociar créditos mais simples.

Quando fizer a comparação dos créditos pessoais existentes, não deve fazer apenas a comparação das melhores taxas de juros, mas também das formas de pagamento das mensalidades.

Taxa Fixa ou Variável

Procure saber se os pagamentos dos créditos são a taxa fixa ou variável e, sempre que possível, opte pela fixa.

Outros factores que deve ter em atenção são os custos iniciais e finais do contrato.

Escolher Créditos Com Garantia

Mesmo que tenha excelentes condições para conseguir o empréstimo sem recurso a garantias, é melhor optar por um crédito com hipoteca para conseguir melhores condições no empréstimo.

Ler a Documentação Dos Créditos

Lei com atenção os documentos do contrato assim que estiverem disponíveis. Os termos devem estar bem claros no papel. Se tiver qualquer dúvida, por mais pequena que seja, esclareça-a antes de assinar.

Quando tudo estiver correcto, poderá assinar o contrato com a instituição financeira.

Os créditos, pessoal com hipoteca e sem hipoteca, devem ser usados apenas em situações de emergência e nunca para financiar apenas um desejo de comprar alguma coisa nova.

Créditos Pessoais Em 5 Passos

Aqui ficam 5 passos simples para conseguir ter acesso aos créditos pessoais existentes no mercado. Só precisa de ter Internet e telefone para pesquisar o mais correcto para si.

Tipo de Créditos Pessoais

É preciso saber qual é o tipo de crédito pessoal que pretende.

  • Pode ser para a sua empresa ou para a sua família.
  • Pode ser um crédito hipotecário ou não. O hipotecário tem melhores taxas de juro que os outros.
  • Objectivo do crédito. É para consolidação de dívidas ou para outra finalidade?

Valor de Crédito Pessoal

É preciso também determinar o valor do crédito a que se vai propor. Se não tem a certeza do valor final que precisa, use os simuladores de crédito existentes na internet para saber quanto pode pagar mensalmente durante a duração total do empréstimo.

A outra questão é precisamente a duração do empréstimo e, uma vez mais, os simuladores podem ajudar a ter uma ideia mais clara de quanto tempo poderá pagar uma mensalidade.

Pedir Propostas de Créditos Pessoais

Depois de ter o tempo de duração e valor do crédito pessoal, é altura de pedir propostas.

As propostas não se pagam, por isso pode pedir uma a cada instituição financeira, porque a única coisa que perde é o seu tempo. No entanto, poderá conseguir um contrato muito melhor se procurar bem no mercado.

Tem de garantir que todas as propostas que pede são sem qualquer obrigação de assinar o acordo. Há empresas que cobram os serviços de análise de crédito quando os potenciais clientes não chegam a assinar contrato.

Preparar a Documentação

Já precisou de ter alguma documentação em sua posse para fazer as simulações de créditos pessoais, mas para o contrato irá necessitar de bastante mais informação.

Não deixe isto para o final. Assim que decidir qual a empresa com que quer trabalhar, comece a reunir a documentação para tratar do contrato.

Depois da decisão tomada, deve avançar rapidamente para a conclusão do acordo, porque o mais provável é querer despachar o assunto e ter acesso ao dinheiro na sua conta.

Tire todas as dúvidas que surgirem na altura de olhar para o que necessita estar no contrato. Estas empresas têm atendimento telefónico para estas situações e é do interesse delas que tudo se processe normalmente.

Receber o Dinheiro do Crédito Pessoal

No final do processo deverá ter o dinheiro na sua conta e terá de assegura que consegue cumprir os seus compromissos durante a duração do contrato.

Os créditos pessoais são úteis em determinadas ocasiões de emergência e devem ser usados apenas para estas situações.

Outros Tipos de Créditos

Qualquer que seja o tipo de crédito: pessoal, habitação ou automóvel tem de ser pago até ao final, porque os compromissos em que nos envolvemos deverão ser levados muito a sério.

Para muitas pessoas, o pagamento das dívidas é um factor enorme de stress, mas não nos podemos esquecer que é também a oportunidade de mostrar às instituições de crédito que conseguimos cumprir as nossas obrigações até ao final do contrato.

Vamos ver como pagar um empréstimo de forma mais rápida, com pequenos mas eficazes passos em direcção à liberdade financeira.

Pagamentos Antes da Data

Se conseguir fazer o pagamento da dívida mensal antes de acabar o prazo conseguirá aprender uma boa prática perante as instituições de crédito.

No futuro, se necessitar de mais algum tipo de crédito, poderá consegui-lo mais facilmente nas instituições com quem já trabalhou.

Pagar Mais do Que o Mínimo

Sempre que possível, deve abater a dívida mais do que apenas com o pagamento da mensalidade obrigatória.

Faça de conta que a mensalidade é sempre superior ao seu valor real. Se tiver de pagar 50€, tire 60€ todos os meses para fazer uma amortização antecipada.

Isto irá reduzir o prazo do empréstimo e também os juros que tem de pagar.

Negociar Taxas de Juro

Sempre que possível, deve negociar as taxas de juro porque permitirão reduzir a mensalidade e assim pagar o empréstimo mais rapidamente.

Se conseguir fazer os passos anteriores, relativos a pagamentos antecipados, conseguirá maior poder negocial para reduzir os encargos com o crédito.

Além disso, se conseguir baixar a mensalidade e manter o valor do pagamento constante, conseguirá amortizar um valor superior do que anteriormente.

Dinheiro Extra

Sempre que sobrar algum dinheiro extra no final do mês, coloque-o no crédito para o abater mais depressa.

Não é boa ideia colocar o dinheiro numa conta poupança, que rende muito pouco anualmente, quando ainda tem créditos por pagar com taxas de juro mais elevadas.

São pequenas decisões que podem ajudar a abater o crédito, qualquer que seja o tipo: pessoais, habitação ou automóveis.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*