Como Comprar Um Carro Novo ou Seminovo

Na altura de comprar carro é preciso decidir se compramos carros novos ou carros usados (também chamados de carros seminovos, numa jogada de marketing). São vários os factores que precisam ser considerados na decisão de comprar o melhor carro para si, por isso conheça alguns dos factores.

Decidir as características do carro

O mais importante quando comprar um veículo, seja um carro novo ou um carro seminovo, é saber se responde às suas necessidades

Algumas das características importantes na análise, são:

  • Quantidade média de passageiros
  • Tamanho do carro
  • Ideal para viagens longas
  • Ideal para viagens curtas
  • Acessórios importantes (tecto de abrir, ar condicionado, etc.)
  • Quantos anos espera que o carro dure

Mais importante do que o custo do carro é saber exactamente o que precisa.

Custo total de um carro seminovo

É preciso fazer as contas para conhecer o preço total do carro e a desvalorização que já teve nos últimos anos.

Por exemplo, um carro novo deprecia vários milhares de euros assim que sai do stand, enquanto alguns carros seminovos (com pouca quilometragem) podem ainda estar dentro da garantia do fabricante.

Será que vale a pena gastar mais uns milhares para ter um carro completamente novo? Ou prefere comprar um carro pouco usado, desde que esteja em óptimas condições.

Obviamente que a segunda hipótese traz sempre mais riscos, porque não conhecemos a forma como o antigo proprietário tratava do veículo, mas se comprarmos num stand oficial da marca estaremos mais protegidos.

Financiamento do carro

Depois de ter escolhido a opção carro novo ou carro seminovo, é altura de conhecer os modelos de financiamento que são dados para cada um dos casos, incluindo (caso tenha) a troca do seu carro usado.

Se conseguir uma taxa de juro para um carro novo que seja extraordinariamente baixa, pode compensar relativamente a uma taxa de juro mais elevada num carro seminovo.

Se quer conhecer outras características importantes, saiba a altura de escolher o carro novo ou seminovo. Para conhecer melhor o mercado de usados veja, como comprar um carro usado.

Depreciação depois de comprar carro

Os carros mais populares têm uma depreciação menor do que os carros menos procurados, por isso é um factor importante se decidir vender o carro passados poucos anos de o ter comprado.

Se estiver a pensar ficar com o carro mais de 10 anos, o valor da depreciação já não é tão relevante, a menos que tenha comprado um veículo muito procurado (como é o caso dos topos de gama clássicos).

Protecção na compra de seminovos

Existe regulamentação para proteger os consumidores mesmo no caso de comprarem carros seminovos, mas são muitas vezes escondidas pelos vendedores.

Conheça bem os seus direitos enquanto consumidor, relativamente a garantias e outros problemas que possam afectar a compra.

Fazer um leasing

Muitas pessoas optam por este modelo, normalmente até 5 anos, onde se pagam prestações mensais que cobrem a depreciação do veículo durante esse período.

No final do contrato poderá comprar o carro pelo valor residual ou trocar por um leasing de um novo veículo.

Dicas importantes na compra de carro seminovo

Outros pormenores importantes a observar nas características do carro, incluem:

  • Eficiência energética, porque os carros mais antigos têm maiores deficiências em tecnologias de redução de energia e acabam por consumir mais combustível para percorrer os mesmo quilómetros que outros modelos mais recentes.
  • Nunca tome decisões quando está com o vendedor do carro, porque ele poderá influenciá-lo a comprar o carro que ele quer vender e não aquele que você necessita realmente.
  • Um carro usado com mais de 5 anos já não costuma ser um bom negócio porque as peças entram numa fase em que necessitam de ser substituídas.
  • Nunca, mas nunca compre um carro acima daquilo que precisa. Independentemente do que o vendedor, ou o vizinho, ou o colega digam. Compre aquilo que precisão, com o orçamento que definiu e nada mais.

Comprar um carro seminovo, com pouco quilómetros, traduz-se numa poupança de alguns milhares de euros, pelo não ‘privilégio’ de ser o primeiro dono do carro. Para conhecer melhor o mercado de usados veja, como comprar um carro usado.

Depois de saber o que escolher nos veículos novos, é altura de passar à acção e negociar o preço do carro com os vendedores profissionais, que estão habituados a fazer transacções diariamente.

Conheça os truques que pode utilizar para garantir as melhores condições financeiras para si.

Negociar o preço do veículo novo

Em caso algum deixe que o valor das prestações mensais lhe tape o valor final do carro, porque é isso que o vendedor tentará fazer. Vai tentar convencê-lo que a prestação é tão baixa que não sentirá na carteira, mas o que não lhe vai dizer é que paga durante mais tempo e o valor final do veículo não será tão interessante como se pagasse em dinheiro vivo.

Ter suaves prestações é um bom negócio mas quando o valor do carro fica em mais 10% ou 20% no final, talvez não seja tão boa ideia.

Faça sempre os cálculos ao valor final do carro e é sobre este valor que deverá incidir a sua negociação. Leve a máquina de calcular para o stand e faça as contas todas sem se deixar pressionar pelo vendedor. Se for preciso, anote numa folha os valores e faça os cálculos em casa.

Trocar o seu veículo

Quando compramos um veículo novo, podemos quase sempre dar o nosso carro usado à troca. O valor que conseguimos obter é sempre superior à venda do carro no mercado, mesmo que seja a particulares.

Além disso o valor do carro que tem para trocar também vai entrar na negociação do preço do novo veículo, por isso aproveite todas as oportunidades para subir o valor do seu ou baixar o valor do novo.

Um último pormenor importante é demonstrar que está disposto a comprar o veículo novo a qualquer altura, porque isto fará com que o vendedor fique altamente interessado em fazer negócio consigo.

Comprar veículos novos é uma opção que muita gente prefere, mas não deixe de tentar garantir o melhor preço neste negócio.

O Processo da Compra de Um Carro Novo

Quando pensa em comprar um carro novo (ou um carro usado, para a decisão é a mesma coisa) deverá analisar o porquê da compra.

  • É para ir trabalhar todos os dias?
  • É um carro de fim-de-semana?
  • É para levar quantas pessoas, em média?
  • É para conduzir principalmente na cidade ou em estrada?

Preço a pagar

É fácil deixar-se levar pelos opcionais por isso decida antes de comprar o carro qual é o preço que está disposto a pagar por carros novos.

Tenha em atenção as suas finanças pessoais para esta compra que é uma das mais dispendiosas que fará durante toda a sua vida. Além disso é provável que compre alguns carros novos durante as próximas décadas.

Financiamento de carros novos

Se começar a pensar antecipadamente na compra de um novo carro conseguirá dar uma boa entrada, conseguindo assim melhores condições em termos de crédito automóvel.

Deverá também analisar a possibilidade de dar o seu carro usado (se tiver) à troca do carro novo. É a melhor forma de valorizar o seu carro usado.

Consumo dos carros novos

A energia que gastamos está cada vez mais na ordem do dia e os carros novos vêm com tecnologia que permite reduzir a poluição que fazemos e também o consumo geral de combustíveis.

Os carros novos conseguem excelentes consumos mesmo em circuitos urbanos.

Depois de fazer todas as contas que tem é altura de se preparar para escolher o carro, fazendo uma visita aos stands das marcas dos modelos que lhe interessam.

Inspecção aos carros novos

O ideal é ir directamente a stands em vez de ir a exposições das marcas. Diga ao vendedor que gostaria de inspeccionar o carro que tem na cabeça, nesta altura ainda não precisa de se mostrar muito interessado, porque quer que o vendedor o deixe em paz.

Olhe para as características que estão normalmente afixadas nos vidros dianteiros, onde aparece um resumo do que vem no carro, como o consumo de combustível, o tipo de combustível e o preço final.

Se o carro estiver aberto entre e sente-se ao volante do mesmo, para inspeccionar o interior. Se o carro estiver trancado peça ao vendedor para o abrir, mas a partir dessa altura vai ser mais difícil ver-se livre dele…

O problema do vendedor estar presente é que o desejo dele não coincide com o seu. Ele quer vender o carro o mais caro possível, ou até outro carro dependo do que ele veja em si. Nesta fase devemos estar apenas concentrados nas características dos carros novos.

O interior do carro

Coloque as mãos no volante para sentir o conforto (ou não) do carro, de preferência com todas as portas fechadas para analisar também o ruído no interior do veículo. Ajuste o banco para ficar mais à vontade.

Procure os controlos no painel central para analisar a sua disposição e a forma como os vai utilizar. Existem carros com painéis de controlo muito complicados e poderá estar à procura de algo mais simples.

Olhe bem pelos espelhos laterais e pelo espelho retrovisor para ver os ângulos de visão que proporcionam. É uma das partes mais importantes na segurança da condução de um carro.

Analise também a embraiagem se for manual e a maneta das mudanças.

Depois experimente o banco do passageiro para analisar o seu conforto e a forma como as pernas ficam esticadas.

Iniciar o test drive

Se levar alguém consigo, coloque-os também no carro para testemunharem as suas posições dentro do veículo. A opinião da esposa ou do marido são importantes mesmo que não sejam eles a conduzir o carro no futuro.

Conduza em primeiro lugar dentro da cidade para analisar a facilidade de curvar, os travões, a visão dos espelhos e até o rádio. Aqui estará a conduzir a uma velocidade baixa para garantir toda a segurança dos peões e dos ocupantes do carro.

Depois dirija-se para uma auto-estrada ou via rápida para acelerar um pouco mais e conhecer a resposta do motor, bem como ouvir os ruídos a velocidades mais elevadas.

Abra as janelas durante a condução para analisar o efeito produzido.

Agradeça ao vendedor e vá para casa, se estiver interessado diga que vai voltar mais tarde.

O vendedor irá tentar ficar com os seus contactos. Se não ficou muito interessado e não quer ser incomodado, mais vale dizer logo que não era o que estava à espera.

Se realmente não ficou completamente impressionado com o carro que acabou de experimentar, dirija-se a outro stand e peça para experimentar um carro com características semelhantes.

Decidir modelo do carro

A primeira coisa a fazer é decidir o modelo do carro novo que queremos comprar. Existem várias formas de pesquisarmos aquilo que queremos, sendo que a internet é um local privilegiado para o fazer.

Existem vários sites de análises a carros novos, com preços comparativos e conclusões de boas compras.

Depois de decidir o carro novo a comprar, o passo seguinte é procurar o melhor negócio. Isto significa que devemos ter alguma flexibilidade na escolha, nomeadamente na marca e modelo de carro.

É bom visitar o site de todos os construtores para ver carros com as mesmas características, independentemente das marcas. Isto irá permitir aproveitarmos as oportunidades de vendas que as marcas fazem temporariamente, como uma promoção.

Existem também várias marcas que oferecem incentivos interessantes para a troca de carro, por isso pode aproveitar para conseguir um bom negócio no seu carro usado, se tiver algum para dar à troca.

Carros novos online

Visite os sites dos fabricantes e das empresas de venda automóvel da sua zona de residência para conhecer as suas ofertas. Cada vez mais existem promoções especiais para compras feitas online.

Não tenha medo em contactar o stand directamente para perguntar acerca de descontos especiais durante a altura em que está à procura de promoções.

Escolher os carros novos

Os preços e promoções podem ser todos tratados sem ter de entrar num stand automóvel, sendo que apenas necessitará de entrar para o test-drive do veículo.

Nesta altura considere a opção de carros seminovos, com poucos quilómetros mas num estado perfeito, por alguns milhares de euros a menos.

Negociar com o vendedor

Quando encontrar o vendedor pela primeira vez, a primeira coisa que devemos fazer é dizer que temos procurado carros usados dentro destes preços mas que estamos dispostos a fazer uma oferta pelo carro novo, devido às promoções que têm.

Armado com todos os descontos do carro, que conseguiu obter durante a fase de informações, poderá fazer uma oferta abaixo do preço marcado na janela.

Depois da oferta, o vendedor irá fazer o jogo dele e mostrar que estamos a oferecer um preço muito baixo, tentando com isto conseguir mais algum dinheiro pelo carro. Não devemos vacilar perante estes argumentos e esperar pela proposta final do vendedor.

Normalmente a contraproposta do vendedor será próxima do valor que oferecemos, pelo que podemos aceitar ou não consoante o nosso interesse. Nesta altura podemos ainda tentar baixar um pouco mais o valor do carro novo se dissermos que estamos prontos a comprar o carro no próprio dia.

Os vendedores gostam de ter um negócio na mão e não o vão deixar fugir, na maioria dos casos.

Se o vendedor não conseguir chegar aos valores que pretende, ou não se mostrar muito interessado em cooperar, não tenha problemas em sair porta fora. Agradeça pelo tempo dispensado e saia. Não há problema em fazer isso e poupará dinheiro se repetir o processo noutro stand.

Negócio concluído

Depois de aceitarem a nossa oferta é importante continuarmos a negociar, porque a fase de financiamento é outro esquema montado para nos fazer gastar mais dinheiro.

Mesmo que compremos o carro com financiamento, é importante que o preço seja aquele que negociámos inicialmente (pode pagar alguma documentação extra, mas nada mais).

Nesta fase não aceite nada mais que eles possam oferecer, como seguros de protecção e garantias estendidas. Praticamente nenhum destes negócios vale a pena pelo preço que custam.

Negociar o carro novo irá fazer com que consigamos um bom negócio e um carro novo (ou seminovo) para os anos seguintes.

 E Comprar Seminovo?

Se conseguir encontrar um carro semi-novo, ainda dentro da garantia, com poucos quilómetros, sem dúvida que deve aproveitar. A menos que adore carros e não gosta de conduzir um que já tenha sido usado anteriormente, esta é a melhor forma de poupar dinheiro num carro novo.

Comprar um carro novo tem algumas vantagens, porque sabe por onde andou, se fez todas as revisões obrigatórias, como foi tratado, etc. Os donos dos carros são normalmente muito fiéis aos seus veículos e estão dispostos a assumir o custo extra para terem essa ligação a um carro novo. Se este é o seu caso então siga algumas ideias para conseguir encontrar um carro novo a um preço mais interessante.

  • Procurar bastante. Há quem diga que deve começar a procurar um carro novo meses antes de necessitar dele, porque assim conseguirá fazer uma pesquisa exaustiva no mercado. Desta forma não tem de comprar à pressa porque vendeu o antigo e precisa de substituir por um novo rapidamente. Pode procurar e negociar com mais tempo e mais calma.
  • Negociar sempre. Um carro é normalmente a segunda maior despesa de uma família (a seguir à habitação), por isso deve tentar pagar o menos possível. Os vendedores são profissionais que tentam usar jogos psicológicos para criar uma ligação entre os dois, de forma a que seja mais difícil para si dizer que não quer comprar o carro. Não tenha problemas em dizer que é muito caro e sair do stande se não baixarem o preço até onde pretende nessa fase.
  • Não revele toda a informação. Nunca revele quanto está disposto a pagar por um carro, porque se o vendedor sabe essa informação irá usá-la em favor dele. Se disser que está disposto a pagar um valor elevado, o vendedor irá manter o preço nessa área. Se disser que está disposto a pagar um valor mais baixo, o vendedor irá tentar vender-lhe um carro novo de uma gama mais baixa ou com menos equipamentos. Em vez de dizer quanto quer gastar, pergunte qual é o preço mais baixo que lhe conseguem fazer pelo modelo que procura. Se recusarem essa abordagem, abandone esse stande.
  • Negocie com vários. Peça aos vendedores para escreverem o preço que estão dispostos a fazer pelo carro nos seus cartões de visita. Desta forma, fica com uma prova escrita do custo do carro e pode ir a outro stande com essa informação e começar a negociar a partir desse valor. Repita este processo até onde for possível.
  • Compre em alturas chave. Os vendedores automóveis costumam ter avaliações periódicas da sua prestação, o que significa que no final desses períodos precisam aumentar ao máximo as vendas para conseguirem cumprir os objectivos. Uma dessas alturas é o final do ano, porque acaba um período importante e porque os consumidores estão a gastar o dinheiro em prendas de natal e não em carros. Nessa altura, os vendedores andam desesperados à procura de clientes, e deve aproveitar para ganhar vantagem nessa situação.

Estas ideias podem ajudá-lo a comprar um carro novo pelo melhor preço possível, já que não há preços perfeitos para comprar um carro novo devido aos impostos iniciais que tem de pagar.

Comprar ou Fazer Leasing?

O leasing é uma forma popular para conduzir um carro novo. Para o ajudar, aqui ficam algumas dicas sobre a forma de avaliar um leasing, porque pode ser a solução mais barata em certas situações.

As Decisões Iniciais

Antes de comprar um carro é necessário avaliar se precisa realmente de ter um carro novo, principalmente se o seu carro actual ainda se comporta bem na estrada e não o faz ir semanalmente a um mecânico.

Depois precisa de avaliar o impacto que uma compra desta envergadura terá no seu orçamento doméstico. Precisará de planear como vai fazer o pagamento.

Se decidir avançar, precisa de estimar quantos quilómetros fará anualmente. Faça uns cálculos das distâncias de casa para o emprego, some as deslocações de férias e deixe uma margem para quilómetros adicionais.

O Leasing é o Correcto?

Com os preços elevados dos veículos automóveis, ascendendo a vários dezenas de milhares de euros, são cada vez mais as pessoas que optam por um leasing, no entanto este tipo de contrato tem algumas características que convém conhecer.

A vantagem do leasing é que o pagamento inicial e as mensalidades são geralmente mais baixas do que uma compra tradicional. Isto significa que pode comprar um carro melhor pelo mesmo preço mensal, ou poupar dinheiro inicialmente.

Como Funciona o Leasing

O custo de um leasing depende do preço, da taxa de juro, do período de pagamento e da opção no final do contrato.

No final do contrato pode exercer o direito de opção de compra ou devolver o carro, porque uma das características do leasing é o facto do carro não ser seu até que o pague completamente.

Se não fizer questão de ser o dono do veículo durante os primeiros anos, poderá conseguir melhores preços com este tipo de contrato. Só paga o carro durante os anos que utiliza e depois pode trocá-lo por outro ou comprá-lo na totalidade, pagando o valor residual.

Mesmo fazendo um leasing de um carro, deverá procurar poupar dinheiro escolhendo o modelo que satisfaça as suas necessidades, em vez de escolher um modelo acima daquilo que necessita.

10 Pontos-Chave a Considerar na Compra de Carro:

  1. Analise o seu orçamento financeiro e veja quanto necessita gastar por mês em transportes. O valor não deve ir além de 10% do seu salário líquido. Se for superior considere a opção do leasing.
  2. Antes de finalizar a sua decisão, descubra o preço final e veja os descontos disponíveis em todas as marcas, bem como extras de oferta.
  3. Se vai necessitar de financiamento não assine formulários financeiros. Tente obter o crédito que necessita junto do seu banco ou de qualquer instituição financeira.
  4. Para realizar um bom negócio num mercado que é competitivo, não se esqueça de verificar a procedência, a garantia de fábrica e os equipamentos opcionais.
  5. Com um pagamento inicial significativo, reduzirá o prazo do empréstimo bancário e consequentemente os juros que irá pagar.
  6. Tenha em conta todos os incentivos de oferta. Eles variam desde o sistema de som que pode ser adquirido a 0% de financiamento. Verifica se os extras que pretende acrescem o preço final do carro.
  7. Não se esqueça de avaliar o seu carro usado, independentemente de estar ou não a considerar a troca do mesmo.
  8. Analise as garantias, o imposto que vai pagar e o valor do seguro.Isto pode significar uma boa fatia do seu orçamento.
  9. Leia atentamente o contrato. Leia as letras mais pequenas. Certifique-se que o pagamento do empréstimo antes do termo não vai sofrer penalizações.
  10. Visite pelo menos 3 a 4 concessionários, para ver qual tem a melhor oferta.

Faça um test drive com o veículo antes de concluir o acordo e certifique-se que compreende todos os detalhes e especificações do fabricante. Verifique se as luzes do painel estão todas apagadas, as de anomalias, que podem denunciar algum problema. Tenha em conta o que está ou não incluído na garantia.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

1 Comment on Como Comprar Um Carro Novo ou Seminovo

  1. alberto lutondo // 18/10/2012 at 15:26 //

    espero que meu pedido sera atendido

Leave a comment

Your email address will not be published.

*