Como Deixar o Hábito de Utilizar o Cartão de Crédito

Quebrar o hábito de utilizar o cartão de crédito para todas as compras pode ser muito difícil, mas não é impossível. Qualquer pessoa o pode fazer com dedicação e força de vontade. Veja como.

Deixe de aceitar novos cartões de crédito

Não assine mais nenhum cartão de crédito que receba em casa, por melhores que pareçam as condições. O objectivo é reduzir as dívidas do cartão de crédito por isso não pode continuar a comprar mais cartões de crédito.

Rasgue-os assim que os receber em casa e mande-os fora, para que não sejam utilizados por mais ninguém de forma fraudulenta.

Necessidade de ter um cartão de crédito

Analise os seus desejos e necessidades, veja quais as compras que fazem parte de cada uma das categorias e elimine todas as que forem apenas desejos.

Pode continuar a gastar dinheiro em necessidades se ainda não conseguir eliminar completamente o cartão de crédito.

Pagar a dívida na totalidade

Prepare um orçamento doméstico para conseguir pagar a totalidade das despesas do cartão de crédito no final de cada mês e não acumular juros para os meses seguintes.

Eliminar os cartões de crédito

Vá eliminando os cartões de crédito, um a um, até ficar apenas com um ou dois que consiga gerir facilmente através de um orçamento pessoal.

Melhore a forma como gere as suas finanças pessoais.

Dinheiro em vez do cartão de crédito

Sempre que possível utilize dinheiro para pagar as despesas em vez de pagar com cartão de crédito.

Não ande com os cartões de crédito na carteira porque serão sempre uma tentação à qual poderá não conseguir resistir.

Os hábitos criam-se e destroem-se dependendo da força de vontade de cada um de nós. A utilização do cartão de crédito funciona da mesma forma.

Como negociar melhores condições num cartão de crédito

O cartão de crédito que muitas pessoas carregam diariamente na carteira vem com outros benefícios e prejuízos para o seu detentor, sendo o principal culpado de todos os males o juro do cartão de crédito.

As instituições de crédito têm muitos tipos de contrato onde variam as taxas de juros que aplicam aos seus produtos financeiros, o cartão de crédito incluído. A maioria das vezes é possível negociarmos as condições para termos um negócio melhor para nós.

Vamos ver como conseguir bons negócios com os cartões de crédito.

Pesquisar as condições de mercado

É necessário conhecer as condições dos cartões de crédito mais baixos do mercado, antes de ligar para a sua instituição financeira.

Depois diga que vai cancelar a sua conta e trocar de empresa, a menos que eles lhe consigam fazer uma proposta melhor do que aquela que tem em mãos.

Reduzir a anuidade do cartão de crédito

Os juros são o principal motivo de receitas das instituições de crédito, mas eles tentam ganhar dinheiro com todas as oportunidades e a anuidade é um desses casos.

Ligue para pedir a eliminação total deste custo com o cartão de crédito, normalmente é necessário ameaçar que cancela a conta.

Os cartões de crédito que têm parcerias, com hotéis, transportadoras aéreas, clubes de futebol ou outras regalias, normalmente não podem deixar de ter uma anuidade significativa para cobrir os benefícios dados. Existem cartões de crédito sem anuidade.

Utilizar a sua força de consumidor

Se tiver uma história longa com o seu banco acene-lhes com essa lealdade e peça para terem em consideração os anos com que trabalha com eles, para que lhe façam uma boa proposta para o cartão de crédito.

Quanto mais produtos tiver contratados maior é o seu poder negocial, por isso aproveite.

Aproveite as oportunidades

Existem cartões de crédito com muitas vantagens, desde que não se entrem em maus hábito de utilização. Veja como utilizar correctamente o cartão de crédito para poder ter vários benefícios, tais como:

  • Milhas aéreas
  • Seguro de saúde
  • Seguro em viagem

Muitas vezes, estes e outros benefícios são suficientes para compensar a anuidade do cartão de crédito.

Como pagar as dívidas do cartão de crédito

São muitas as pessoas com dívidas no cartão de crédito e em tempos de crise acentuam-se ainda mais os problemas em pagar aos bancos, aumentando assim o crédito malparado.

Pagar mais do que o mínimo do cartão de crédito

Se apenas consegue pagar a prestação mensal exigida pela instituição financeira, deverá deixar de o fazer a menos que esteja já numa situação de bancarrota.

Poupe dinheiro onde puder, por exemplo poupar dinheiro em refeições para conseguir mais dinheiro ao final do mês e assim reduzir mais rapidamente a dívida do cartão de crédito.

À medida que pagamos mais depressa as dívidas, menores são os juros a que estaremos sujeitos, logo conseguiremos ainda abater mais com a mesma quantidade de dinheiro.

Prioridade ao pagamento do cartão de crédito

É importante que esta redução seja uma das prioridades das finanças pessoais porque as dívidas com juros elevados são um péssimo negócio. Se tem dinheiro investido (veja como investir na bolsa) é quase certo que não consegue ter valorizações que compensem o que está a perder com os juros dos cartões de crédito.

Perder o hábito de utilizar os cartões de crédito

Se tem o hábito de utilizar o cartão de crédito deverá trabalhar para o eliminar porque não serve de nada estar a tentar reduzir as dívidas por um lado e acumular outras dívidas por outro.

Faça um orçamento doméstico

Aprenda a fazer um orçamento doméstico para analisar o destino do seu dinheiro mensalmente, desta forma conseguirá estar organizado e controlar melhor o dinheiro que gasta em produtos e serviços.

Uma das desvantagens do cartão de crédito é a dificuldade em conseguirmos controlar facilmente para onde está a ir o dinheiro. Veja como utilizar o cartão de crédito correctamente.

Veja também como negociar um cartão de crédito para conseguir reduções nas comissões que lhe são cobradas.

Quando ter o primeiro cartão de crédito

Ter um cartão de crédito é uma grande responsabilidade e existem muitas pessoas que utilizam os cartões de crédito de forma errada, muitas vezes por não conhecerem como funcionam os juros do cartão de crédito.

Os jovens querem ser independentes o mais rápido possível, mas cabe aos pais a educação financeira dos seus filhos, nomeadamente explicando como devem utilizar o cartão de crédito correctamente quando chegar a altura. Mas qual é a idade para se ter o primeiro cartão de crédito.

Credit score para contratar um cartão de crédito

São muitos os factores que determinam o crédito que temos perante os bancos para conseguir melhores ou piores condições na negociação do crédito.

Quem tem cartões de crédito há mais tempo consegue ter um credit score maior, que lhe permite negociar um cartão de crédito mais favoravelmente.

Idade do cliente

A maioria dos cartões de crédito só permite clientes com idades a partir dos 18 anos, que é quando se podem começar a assinar a maioria dos contratos com independência dos pais. Como o credit score aumenta consoante os anos em que temos estes produtos, provavelmente é uma boa altura para ter o primeiro cartão de crédito, mas continue a ler os avisos seguintes.

É possível ter um cartão de crédito com menos de 18 anos mas necessita de autorização dos pais. Provavelmente não deverá equacionar esta opção, porque existem outros assuntos das finanças pessoais que os seus filhos devem aprender primeiro.

O primeiro cartão de crédito é muito importante no historial como cliente, por isso a má utilização do primeiro cartão pode complicar bastante o credit score futuro. É necessário garantir que consegue pagar todas as comissões envolvidas na aquisição de um cartão de crédito. Como conhece o nível de responsabilidade do seu filho, deverá conseguir tomar uma opção sobre a preparação ou não dele para dar esse passo.

Um cartão de crédito é um passo importante nas finanças pessoais e deverá ter a certeza do que os seus filhos estão preparados para esta responsabilidade.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

1 Comment on Como Deixar o Hábito de Utilizar o Cartão de Crédito

  1. George // 03/11/2010 at 17:29 //

    Prezados,

    A melhor forma de se parar com algo que se tem vício é de forma dura.

    Quer parar de usar o cartão de crédito? Faça como eu e minha esposa.

    Um belo dia sentamos na sala e após uma longa conversa sobre finanças, decidimos quebrar nosso cartão.

    Pronto a medida foi drástica, porém ótima.

    No mês seguinte já sentimos a enorme diferença, e com isso já estamos conseguindo poupar nosso dinheiro.

    Grande abraço!!!!!

Leave a comment

Your email address will not be published.

*