Notas Importantes Sobre Investimentos em acções

É necessário conhecer algumas coisas sobre o investimento em acções e nos mercados, para não nos lançarmos nessa área que pode ser muito lucrativa, mas que também pode levar as nossas finanças à ruína.

Aqui fica um pequeno guia sobre investimentos em acções, para quem está a iniciar-se neste mundo.

As acções são mais do que papel

Normalmente associamos as acções a pequenos pedaços de papel que querem dizer qualquer coisa.

Na verdade, uma acção significa que estamos a comprar uma parte da empresa.

De forma global, uma empresa é detida pelo conjunto de todos os accionistas, sendo que cada um deles tem o correspondente nos activos e nos lucros da empresa.

No mercado, as acções são divididas normalmente pelo tamanho das empresas, por tipos de indústrias, etc.

O valor das acções procura os ganhos

No curto prazo, os mercados baseiam-se em rumores, medos, entusiasmos, especulações e nas notícias diárias. Por isso é que podem existir valorizações e desvalorizações súbitas, sem que isso signifique que a empresa tenha mudado de rumo tão rapidamente.

A longo prazo, o valor das acções já reflecte o crescimento e receitas que a empresa ganhou nos últimos anos. As perdas funcionam da mesma forma.

Valorização das acções

Estatisticamente, desde o final da 2ª Guerra Mundial, o investimento em acções é que mais rendimentos traz anualmente. Por isso são normalmente apontadas como a solução ideal para que deseja investir a longo prazo.

Os retornos das acções superam em muito a inflação anual e também outros tipos de investimento, incluindo o mercado imobiliário, que muitas vezes é considerado como o melhor investimento existente.

Utilize o investimento em acções para objectivos a longo prazo, como por exemplo o planeamento da reforma.

Não confundir acções com o mercado

Uma acção de uma empresa saudável pode ter resultados positivos em alturas de crise de mercados de capitais, e o inverso também é verdadeiro.

Uma acção pode cair a pique, mesmo que esteja num mercado com forte valorização.

Valorizações de acções no futuro

Os preços das acções são baseados em projecções que são feitas para estimar os rendimentos futuros da empresa a que pertencem. Mas projecções são projecções.

Mesmo as grandes empresas podem escorregar em determinados momentos, como se viu pela crise que faliu alguns bancos ou o crash das empresas tecnológicas no ano 2000.

Uma boa performance no passado não garante as mesmas valorizações no futuro. Esta mensagem é-lhe sempre passada pelos correctores de bolsa, para que não tenha garantias de resultados.

O preço das acções pode enganar

Olhar para o preço de uma acção individual não nos diz se a acção está cara ou barata, porque o seu valor depende dos ganhos que irá produzir.

Por exemplo, uma acção que custe 50€ mas garanta grandes rendimentos, está com um preço barato.

Da mesma forma, uma acção de apenas 0,5€  pode ser cara se o seu potencial de gerar receitas for muito baixo.

Se deseja saber mais informações sobre a forma correcta de calcular o valor das acções, comprar acções de indústrias diversificadas para não sofrer riscos desnecessários e porque é que deve criar uma carteira de títulos a longo prazo, veja como investir em acções.

Se quer aprender mais sobre investimentos na bolsa, veja como investir em acções.

About O Investidor

O Investidor explica como investir corretamente em vários ativos: Ações, Forex, Petróleo, Índices, Ouro

E para começar a investir já hoje, fizemos uma parceria com a PLUS500 para lhe oferecer 25€ gratuitamente!

Clique aqui para ganhar 25€ e começar a investir agora

Leave a comment

Your email address will not be published.

*