Como Pedir Descontos Sem Ter Vergonha

Saber como e quando pedir descontos em produtos e serviços é uma das melhores formas de poupar dinheiro. Mesmo quando parece complicado, deve sempre tentar pedir um desconto.

As empresas estão constantemente a negociar entre elas e a pedirem descontos em produtos e serviços, pelo que os particulares devem fazer o mesmo. E embora não tenhamos o mesmo poder negocial do que uma empresa (devido às quantidades compradas), conseguiremos muitas vezes melhorar as condições financeiras.

Nesta altura difícil da economia, é mais fácil conseguir bons descontos, porque as empresas estão mais necessitadas do que em alturas em que as coisas correm bem. Quando a procura é menor, as empresas necessitam de baixar os preços para conseguir vender mais.

É possível negociar em todas as situações, mesmo quando parece difícil, como é o caso das viagens, hotéis e hospitais privados.

Negociar com calma

A primeira coisa a fazer numa situação de negociação, é entrar na loja com uma postura calma, sem procurar um confronto. Apareça como uma pessoa amigável e aparentando alguma incompetência no produto que deseja comprar.

Desta forma o vendedor não se colocará numa posição defensiva, que é o que acontece nos casos em que aparece vestido para o sucesso (com fato e gravata, por exemplo).

Quando está a negociar e a pedir descontos, é bom parecer um pouco menos inteligente e ter um discurso de desconhecimento do produto, porque desta forma o vendedor pensará que está numa posição de superioridade e controlo, o que faz com que o ajude. Use palavras como, ‘ eu não sei, não conheço’.

Quanto mais tempo estiver com o vendedor mais facilmente conseguirá um desconto, porque ele vai querer fechar o negócio consigo. Seja simpático para com o vendedor e diga que gostaria de concluir o negócio mas que não tem capacidade ou possibilidade de fazer o pagamento do valor que é pedido.

Negociar com o decisor

Muitas vezes os empregados que não têm capacidade de decisão não estão disponíveis para dar um desconto, para não terem trabalho ou porque não vão com a cara do cliente. Nestes casos, não desista e peça para falar com o decisor porque ele estará mais aberto a dar-lhe um bom negócio. Muitas vezes o decisor é mesmo o proprietário do negócio e não deseja perder um cliente.

Muitas vezes compensa pedir a várias pessoas até conseguir aquilo que deseja. Utilize o exemplo das crianças, que pedem à mãe, se esta disse que não, pedem ao pai, se este disser que não, pedem aos avós. Nunca desistem…

Ter a certeza do que pretende

É importante saber exactamente o resultado que se deseja numa negociação, para não ter de decidir quando chega o momento decisivo.

Estabeleça o objectivo do preço ou do produto que deseja e também os limites que está disposto a pagar caso apareçam novas ofertas (como novos produtos mais interessantes).

Hoje em dia com a Internet é possível termos acesso a dezenas de preços de lojas diferentes, antes de sairmos de casa. Por isso podemos ir com bons argumentos para uma negociação.

Fazer compras de mais artigos pode ajudar a conseguir um preço mais baixo por cada um deles. Mas só deverá utilizar esta táctica se pretende mesmo comprar os vários produtos, não compre o que não precisa só para conseguir baixar o produto que precisa.

As empresas maiores costumam ter cupões de desconto e outros tipos de benefícios que não estão disponíveis a menos que as peça. Seja simpático mas peça o mais que puder.

Por vezes também pode querer outros benefícios que não sejam apenas uma redução do preço final. Pode também conseguir garantias estendidas, entregas gratuitas e outros bónus.

Negociar é um jogo

Conheça o valor do seu tempo, porque existem situações em que não compensa gastar duas ou três horas do seu tempo. Mas sempre que puder, peça descontos porque verá que compensa a longo prazo. Pequenos descontos muitas vezes são iguais a um grande valor de desconto.

Uma coisa importante é nunca ter pena do vendedor, porque ele oferece descontos diariamente e está muito habituado a tratar com vários tipos de clientes. Se o negócio não for bom para ele, pode ter a certeza que ele não lhe venderá o produto.

Mostre-se ligeiramente interessado naquilo que pretende, mas nunca se mostre apaixonado por um artigo, porque senão vai mostrar ao vendedor que deseja muito o artigo, o que o deixa numa posição mais delicada.

Pedir descontos não custa nada e pode trazer-lhe vantagens que nunca imaginou. Quando feito a longo prazo, pode significar várias centenas ou milhares de euros poupados.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*