Como Fazer Um Orçamento Doméstico

Fazer um orçamento doméstico é uma das coisas mais importantes que tem de fazer para poder eliminar qualquer tipo de dívida, porque servirá como guia para os gastos, após saber quais são os rendimentos para o mês que tem à sua frente. O mais importante no orçamento doméstico é conseguir depois seguir aquilo que planeou…

Para isso siga os seguintes passos de como fazer um orçamento doméstico útil.

Registe tudo

Registe todas as despesas que tiver, sejam em dinheiro, cheque, crédito, etc. É essencial saber para onde está a sair o dinheiro que ganhou (e aquele que não ganhou mas continua a gastar).

Só após saber o que gasta é que poderá começar a dar pequenos passos no sentido de reduzir as suas dívidas ou aumentar as suas poupanças.

Corte nas despesas

Agora que já sabe como gasta o dinheiro, é preciso começar a cortar algumas despesas para equilibrar as suas finanças pessoais.

Todas aquelas coisas que pensava que eram essenciais para sobreviver, mas afinal são apenas gastos desnecessários, são para eliminar do orçamento doméstico. Não tenha misericórdia dos gastos, na altura de decidir o que fica e o que vai. É aqui que se vai decidir se tem coragem de baixar um pouco o seu nível de vida (ou até nem seja preciso) para conseguir ter uma vida mais folgada em termos financeiros, que lhe permita eliminar as dívidas ou alcançar um objectivo no Futuro, como por exemplo enviar os seus filhos para uma escola privada.

Decida o que pagar primeiro

Depois de ter eliminado o desperdício nos passos anteriores, é altura de determinar o que é que vai pagar em primeiro lugar.

A regra principal é: pagar-se a si primeiro, ou seja, poupanças no início do mês para dias mais complicados. Aproveite para fazer um fundo de emergência.

Se tiver dívidas, comece por pagar as que cobram mais juros em primeiro lugar, ou então utilize o método bola de neve, para pagar as dívidas mais pequenas e avançar para as maiores.

Pague a dívida até ao final, não use o dinheiro para ir pagando todas as dívidas em simultâneo. Sentirá um alívio enorme quando as dívidas começarem a desaparecer do seu orçamento doméstico.

Linhas orientadoras do orçamento

Existem valores de referência para a percentagem dos seus rendimentos que devem ir para determinadas despesas. Inclusivamente, as instituições financeiras usam estes dados para calcularem o seu crédito na altura em que lhes vai pedir dinheiro. Se tiver valores superiores aos aconselhados, será mais difícil conseguir empréstimos.

Aqui ficam alguns valores de referência:

Casa – No máximo devemos gastar 35% dos nossos rendimentos em rendas, impostos, reparações, seguros e despesas correntes, como água e luz.

Transportes – No máximo 20% para combustíveis, pagamentos mensais, reparações e seguros.

Dívidas – No máximo devemos ter 15% em dívidas de créditos. Cartões de Crédito, Créditos Pessoais, etc.

Outras Despesas – Podemos gastar até 20% nas outras despesas do Orçamento doméstico, em comida, seguros, saúde, vestuário, presentes, etc.

Poupanças e Investimentos – Nesta categoria, deveríamos conseguir poupar e investir até 10% dos nossos rendimentos, para podermos estar folgados em dias de crise.

Estes são valores de referência, mas poderá ajustar o seu caso em algumas situações. Por exemplo, se não tem despesas de transportes elevadas, poderá investir mais dinheiro.

O objectivo final deverá ser sempre a eliminação rápida das dívidas, através de um bom orçamento doméstico.

Porquê Fazer Um Orçamento Doméstico?

Você diz que sabe para onde vai o seu dinheiro e não precisa de um orçamento doméstico, com tudo escrito para acompanhar os seus movimentos? Então aceite este desafio. Mantenha o controlo de cada cêntimo que gasta durante um mês e… queremos mesmo dizer cada cêntimo.

Você ficará chocado com o que as minúsculas despesas representam. Pegue no total que gastou em apenas um item desnecessário nesse mês, multiplique por 12 meses num ano e multiplique o resultado por 5, a representar 5 anos.

Isso é o que poderia ter economizado em apenas cinco anos. Isso, é a razão pela qual todos nós precisamos de um orçamento doméstico.

As Vantagens

Se nós podemos ter controlo sobre as despesas de pequeno porte que realmente não importam para o regime geral das nossas vidas, podemos desfrutar do sucesso financeiro.

As pequenas coisas realmente contam. Cortar o que gasta no almoço de cinco euros por dia para três euros por dia numa semana de trabalho de cinco dias economiza 10 euros por semana… 40 euros por mês… 480 euros num ano… 2.400 Euros em cinco anos. Acrescido de juros.

Veja o que queremos dizer… É um corte muito pequeno e você continua ainda a almoçar todos os dias. Há muitos lugares para cortar gastos, se você olhar para eles.

Estabeleça algumas metas a longo prazo e algumas metas a curto prazo. Não há respostas erradas aqui. Se é importante para si, então é importante, ponto final.

Se você quer fazer um pagamento extraordinário na casa, iniciar um fundo de faculdade para os seus filhos, comprar um carro desportivo, tirar férias nas Caraíbas… qualquer coisa… Então esse é o seu objectivo e razão para controlar a sua situação financeira já. Comece por fazer um orçamento doméstico.

Aprenda Como Fazer Um Orçamento Doméstico

Existe um excelente livro sobre finanças pessoais, que explica de forma ainda mais detalhada como fazer um orçamento pessoal e a sua importância para aprender a investir o seu dinheiro.

Clique aqui para conhecer esse livro digital.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

4 Comments on Como Fazer Um Orçamento Doméstico

  1. Janailson // 02/10/2009 at 00:28 //

    Olá amigos.

    Gostei muito do texto sobre orçamento doméstico. Estou fazendo um estudo sobre este assunto pois tenho interesse em montar um material e estudá-lo com fins de divulgação para outras organizações. Por favor se tiverem algo mais sobre este assunto por gentileza me informem.
    Um abraço.

  2. Juliana // 08/09/2011 at 03:52 //

    Muito boa esta página.
    Preciso fazer um controle de gastos domésticos e você conseguiu clarear todas as idéias na minha mente.
    Obrigada!

  3. gostei muito pois tenho que fazer um orçamento familiar; obrigado

  4. Christina Moura // 21/06/2012 at 16:24 //

    Ótima a matéria. Muito obrigada por disponibilizar. Com certeza ajudará muitas pessoas assim como me ajudou.
    Abraço carinhoso.
    Chris/Acre/Brasil

Leave a comment

Your email address will not be published.

*