Sinais de alerta de endividamento

As dívidas podem chegar a todos, principalmente em alturas de crise económica, como a que vivemos actualmente.

Existem médicos, advogados e empresários falidos e com grandes dívidas na sua vida.

Por isso, mesmo que tenha uma vida financeira confortável não descure alguns sinais de que pode estar em risco de ficar endividado. Cartões de Crédito, juros baixos, empréstimos fáceis, são todos instrumentos que nos podem levar ao endividamento se não estivermos atentos.

Aqui ficam alguns sinais de alerta.

  • As despesas somadas do crédito automóvel, cartões de crédito e outras dívidas (que não sejam da casa) não devem ultrapassar os 20% dos seus rendimentos mensais.
  • As despesas com o crédito à habitação (incluindo seguros e impostos) não devem exceder os 28% dos rendimentos totais.
  • No total não deveríamos ter mais do que 50% de despesas, somando todas as dívidas que temos contraído.
  • Devemos ainda ter dinheiro suficiente para viver 6 meses sem qualquer rendimento. Chame-lhe fundo de investimento.

Como sair das dívidas

Conheça as suas finanças e crie planos para pagar as dívidas que lhe estão a sobrecarregar o orçamento.

Deixe de pedir emprestado assim que se encontrar em dívida (já o devia ter feito antes de estar endividado…) deixe de usar cartão de crédito e pague tudo em dinheiro ou com cartão de débito

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

1 Comment on Sinais de alerta de endividamento

  1. Fabiana Alves // 08/09/2010 at 01:11 //

    Acho muito interessante esses artigos que recebo , porém gostaria que vocês postassem mais informações, mas para aquelas pessoas que não contraíram dividas, porém ao final do Mês não possuem nem um centavo.
    Resumindo: Receita = Despesa.

    Vivo nessa situação até agora mas tenho interesse em reverter essa situação.

Leave a comment

Your email address will not be published.

*