Como criar uma casa minimalista

Já vimos quais são as vantagens de ter uma casa minimalista, agora é necessário saber como começar.

Não há grande ciência na criação de uma casa minimalista, talvez a principal seja psicológica porque tem de mudar a sua forma de pensar sobre como seria a sua casa ideal respeitando os ideias minimalistas.

Aqui ficam alguns passos para iniciar a remodelação da sua casa.

Uma divisão de cada vez

A menos que esteja em mudanças e consiga fazer tudo em simultâneo, é melhor começar devagar, escolhendo a divisão mais fácil de mudar.

Após ter feito a remodelação, sinta se trouxe ou não vantagens relativamente à forma como passou a olhar para essa divisão, e ganhe motivação extra para avançar para a próxima divisão da casa.

Se tiver arrecadações, garagens ou jardins não os deixe de fora desta remodelação minimalista.

Comece com o mobiliário

O que ocupa mais espaço nas divisões é a mobília, por isso deve ser por aí que começa a limpeza. Quanto menos ficarem, melhor (desde que não façam falta, obviamente).

Todas aquelas mobílias que não sejam úteis em termos práticos ou de conforto, devem sair de casa.

Guarde apenas o essencial

Faça uma inspecção a todos os objectos que tem à vista. Tudo o que não fizer falta é para sair, no final da limpeza pode sempre trazer novamente um ou outro artigo que fique bem no desenho final da decoração.

Não deixar nada no chão

A única coisa que deve tocar o chão é a mobília, todos os outros objectos devem estar arrumados noutros lados.

Revistas e objectos de decoração pequenos devem ficar arrumados nas outras peças de mobiliário ou então devem sair da casa.

Não deixar nada nas superfícies

Todas as superfícies do mobiliário devem ficar o mais limpas possível. Coloque apenas um ou dois objectos decorativos, tudo o resto venda, dê a alguém ou guarde fora do alcance da visão (em caixas na arrecadação).

Limpar as paredes

As paredes devem ficar o mais limpas possíveis de objectos. Pode ter alguns quadros ou peças decorativas, mas não comece a pendurar coisas na parede só porque já não tinha espaço no chão.

Deixe algumas paredes completamente vazias para criar uma maior sensação de espaço e arrumação.

Guardar longe da vista

Todos os objectos que retirar podem ser guardados em caixas numa divisão que não faça parte da sua vida diária, como a arrecadação ou sótão.

Pode também guardar os objectos em gavetas e armários fechados, já que assim não ficam à vista a ocupar espaço.

Não guarde muita coisa nas prateleiras, apenas alguns livros ou DVDs, mas não coloque dezenas de decorações minúsculas que só ocupam espaço e nunca ninguém as vai ver com atenção.

Organize as áreas de arrumação

Como está a tirar tudo de casa para colocar em zonas de arrumação da casa, não vá depois ficar com estas divisões completamente cheias.

No final do processo de limpeza, faça o mesmo a estas áreas. Limpe tudo o que está a mais.

Tenha um sítio para tudo

Para todos os objectos que não vai deitar fora, identifique um sítio dentro da casa para os guardar. Assim saberá sempre onde estão e, principalmente, saberá sempre onde os arrumar depois de utilizar

No final do processo, relaxe e desfrute da sua nova casa, mais limpa, maior e muito mais convidativa.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*