Como Usar Corretamente os Cartões de Crédito

Os cartões de crédito são vistos como uma ameaça à sociedade, embora cada vez haja mais gente que não pode passar sem eles.

O grande problema é que a maioria das pessoas não tiveram educação na utilização do cartão de crédito, enquanto os bancos conhecem todas as estratégias para lhe cobrar mais (por vezes também eles arriscando e ficando em situação de crédito malparado).

A primeira coisa que tem de saber acerca do cartão de crédito é que não é dinheiro grátis. Isso não existe… Pense em utilizar apenas em situações de emergência, em que não pode pagar a pronto.

Saiba também que a dívida dos cartões nasce do facto de pagar os empréstimos demasiado tarde. A maioria dos bancos tem um período em que não lhe cobra juros, e só após esse período é que começa a pagar mais.

Uma das formas mais recentes criadas pelos bancos, é o pagamento de prestações mais baixas inicialmente, que aumentam passados alguns meses.

Funciona da mesma forma que o pagamento de juros nos primeiros anos dos empréstimos para compra de habitação.

Inicialmente só paga os juros (com uma prestação baixa), depois começa a amortizar e a prestação aumenta bastante. Se já está numa situação de dívida incontrolável, use algumas técnicas de redução da dívida dos cartões de crédito.

Se não souber usar correctamente o cartão de crédito, tem muito mais a perder do que a ganhar. Mas desde que seja responsável na sua utilização, pode até tornar-se numa aliado em situações financeiras mais complicadas.

Se não se sente com auto-controlo para ter cartões de crédito, então pague tudo com dinheiro e não terá mais problemas.

Razões Para Usar Cartões de Crédito

As compras a crédito oferecem muitas protecções na transacção e outros pequenos benefícios, que a maioria das pessoas não costuma usar. No entanto, é importante que não use o cartão de crédito até ficar em dívida só para ter estes benefícios. Se já está em dívida, leia antes como sair da dívida do cartão de crédito.

Existem situações em que usar o pagamento a crédito pode trazer vantagens relativamente ao pagamento em dinheiro. Na verdade o cartão de crédito só passa a ser um problema grave quando você tem de pagar juros e entra em dívida.

Alguns dos benefícios dos cartões de crédito incluem:

  • Resolver disputas com vendedores em devoluções de dinheiro.
  • Protecção contra roubo ou estragos dos artigos comprados.
  • Oferecer dinheiro de volta.
  • Oferecer milhas de viagens de avião.
  • Oferecer estadias em hotéis.

Se jogar o jogo dos cartões de crédito correctamente, conseguirá algumas preciosidades que não estava à espera. Informe-se junto da entidade bancária que lhe fornece o serviço, muitas vezes eles têm sites exclusivos para os aderentes aos cartões de crédito, só com os acordos que têm com lojas de roupa, perfumes, clínicas, oficinas, seguradoras, etc.

Os problemas na utilização com benefícios aparecem quando alguma das situações seguintes se manifesta.

Tem um balanço negativo no cartão de crédito?

Existe uma percentagem elevada de pessoas que não pagam totalmente as compras que fazem a crédito, e são estes os principais clientes responsáveis pelas receitas dos bancos.

Embora estas entidades financeiras também ganhem dinheiro com as taxas que aplicam aos comerciantes de cada vez que usamos o cartão de crédito, esse valor é irrisório quando comparado com o dinheiro dos juros que os devedores têm de pagar.

Não reclama as recompensas dos cartões?

De nada serve ter recompensas e descontos com o seu cartão de crédito se nunca os reclama. Existe também uma percentagem elevada de pessoas que não usa as milhas que ganhou ou os pontos acumulados no cartão de crédito.

Não conhece os benefícios dos cartões de crédito?

Quando se recebe um cartão de crédito em casa, ele vem normalmente com vários folhetos que explicam as vantagens, mostram as parcerias, os descontos, as viagens, tudo aquilo que eles conseguiram para atrair e manter os clientes. Normalmente estes folhetos vão logo para o lixo, por isso a pessoa fica na ignorância de tudo aquilo que podia beneficiar.

Aqui ficam algumas das vantagens que os cartões de crédito lhe permitem ter:

  • Resolução de disputas, quando as transacções correm mal é possível recorrer às entidades financeiras para que eles possam intervir na resolução do problema. Estas entidades têm um raio de acção internacional, pelo que, mesmo em transacções entre países diferentes podem ser solucionadas mais facilmente recorrendo às empresas fornecedoras de cartões de crédito.
  • Protecção contra roubo. O pagamento em cheque ou cartão de débito abre uma porta para a sua conta bancária, e se desaparecer algum dinheiro por alguns destes meios de pagamento a recuperação é muito complicada. Os cartões de crédito têm mecanismos de prevenção contra o roubo, o que lhe permite reportar o desaparecimento e utilização indevida por outra pessoa, sendo que nestes casos o banco cancela imediatamente essas transacções e tudo fica resolvido.
  • Empréstimos sem juros. Praticamente todos os cartões de crédito permitem que gaste dinheiro adiantado sem ter de pagar juros. Só quando não cumpre o prazo de pagamento em tempo útil é que começa a pagar juros pelo empréstimo. Mas se for organizado e não gastar mais do que devia, nunca deverá ter problemas.
  • Seguros. Muitos cartões de crédito trazem seguros gratuitos, o mais comum é o seguro em viagens. O que acontece aqui é que, por desconhecimento, as pessoas acabam por comprar um seguro de viagem às operadoras turísticas, porque não sabiam que tinham direito a usufruir dessa regalia do seu cartão de crédito.

Como os cartões de crédito podem ajudar

Se costuma fazer compras com o cartão de crédito, talvez não saiba que existam vantagens que as compras a dinheiro não têm. Vantagens que incluem garantias alargadas e protecção de roubo, por exemplo.

Com o aumento da fraude, os comerciantes tornam as devoluções cada vez mais difíceis para os consumidores. No entanto, os cartões de crédito têm cláusulas que protegem o seu utilizador em casos de devolução de produtos e se não estiver satisfeito ou se os produtos tiverem defeito e você necessitar de efectuar uma troca ou ser reembolsado. Algumas empresas de cartões de crédito oferecem essas garantias a clientes que optem por adquirir um cartão de crédito de nível superior (os chamados cartões de crédito ouro ou platina).

Devolução de produtos adquiridos

Apesar de existirem há muito tempo, a maioria dos utilizadores de cartões de crédito não conhece essas vantagens, porque normalmente vêm em letras pequeninas nos termos e condições oferecidas pelos bancos aos seus clientes. Para conhecer esses e outros direitos quando compra um cartão de crédito, deve olhar com atenção para todo o contrato, principalmente para as letras minúsculas, porque costumam ter alíneas que protegem mais a entidade bancária e garantem menos direitos aos clientes. Mesmo com essas ressalvas nos contratos, a alternativa é não ter qualquer protecção e precisar de convencer os comerciantes a aceitarem a sua devolução. Procure ainda saber se o seu banco oferece a garantia alargada ou se é um serviço opcional pelo qual irá ter de pagar.

Cobertura de roubo e defeitos

Existem leis que protegem o consumidor quando este faz compras com o cartão de crédito. Por exemplo, se a loja debitar duas vezes o valor da venda ou se receber um artigo defeituoso ou falso quando comprou pela Internet.

Algumas empresas de cartões de crédito fazem o reembolso até um número limitado de dias após a compra do produto e consoante certas condições (por exemplo, não fazem reembolso de um produto se você o perder). Como é óbvio, as empresas de cartões de crédito tentam proteger-se e ao mesmo tempo conseguir ganhar mais dinheiro com os seus clientes.

A utilização dos cartões de crédito pode ser feita correctamente, aproveitando as vantagens dos cartões de crédito, ou ser feita de forma incorrecta para se endividar mais e ficar numa situação financeira desagradável.

A Psicologia dos Cartões de Crédito

Um dos problemas que os cartões de créditoprovocam, é o facto de não termos a noção imediata do dinheiro que acabámos de gastar. Gastamos o dinheiro de forma simples e invisível, podendo dar a ideia de que é dinheiro gratuito. O problema é que só no final do mês é que no apercebemos que afinal gastámos mais do que o montante que tínhamos na conta.

Por isso, existem especialistas financeiros que aconselham a pagar tudo o que puder com dinheiro vivo, já que dessa forma vemos o dinheiro a sair da nossa posse e existe uma ligação sentimental entre nós e o dinheiro que acabámos de gastar, para não falar na vantagem de não gastar dinheiro que não temos.

Como controlar o cartão de crédito

Para que não seja apanhado desprevenido no final do mês use os seguintes truques para controlar as suas finanças pessoais:

  • Faça um balanço regularmente. Se necessário, faça o balanço todos os dias, através de ‘HomeBanking’, para saber quanto gastou, sendo que este método ajuda-o também a controlar possíveis fraudes com o seu cartão de crédito.
  • Use software de finanças pessoais. Existem algumas alternativas gratuitas para fazer a gestão das suas finanças. Mas se quiser simplificar, basta criar uma folha de cálculo que lhe permita adicionar diariamente os gastos que efectuou com os cartões de crédito.
  • Não pague despesas pequenas com o cartão de crédito. Para estas despesas de menor valor, opte por comprar em dinheiro ou cartão de débito e use o cartão de crédito para despesas de maior valor. A probabilidade de se esquecer que comprou uma televisão ou computador é bastante menor.
  • Faça um Orçamento Doméstico. Quando usa o cartão de crédito é ainda mais importante estabelecer limites para o dinheiro que vai gastar no mês seguinte, por isso aprenda a fazer um orçamento doméstico e siga-o o mais possível.

Usar o cartão de crédito correctamente pode trazer benefícios interessantes, mas é necessário um cuidado especial quando se utiliza este produto financeiro, porque facilmente nos faz perder a cabeça e descontrolar todas as nossas finanças pessoais.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

3 Comments on Como Usar Corretamente os Cartões de Crédito

  1. Hugo // 16/04/2010 at 02:59 //

    eu aderi ao cartão de credito para fazer compras por a internet não sei se fiz bem ou mal!!
    Recebi agora o cartão para fazer a primeira utilização.. ta pronto a funcionar ou tenho de fazer alguma coisas em antes?

  2. Clércio Antonio Alves // 13/02/2011 at 11:20 //

    O cartão de crédito veio para facilitar a vida do cidadão, ele sempre será mocinho se voce soube usá-lo com inteligencia, nele voce tem um limite, data para pagar, quer dizaer inumeras facilidades, é o famoso crédito rotativo.
    Exemplo:
    Seu limite 1,000,00 (jamais ultrapasse)
    Vencimento dia 10 (jamais pague atrasado)
    Se efetuar uma compra de R$ 600,00 (faça a quitação total) jamais pague o minimo, com certeza virará uma bola de neve com final trágico.
    Enfim, antes de assina-lo, leia todo o contrato, o que está escrito e assinado voce está concordando, nem a Operadora ou o Banco querem problemas, eles querem fazer negócios.
    Boa Sorte,

Leave a comment

Your email address will not be published.

*