Como poupar dinheiro no casamento

O casamento é uma despesa muito significativa no orçamento de uma família que começará a ser formada nesse momento.

Apesar de poder haver o dinheiro dos pais e dos convidados, ainda assim o preço a pagar irá ascender a alguns milhares de euros.

Um planeamento antecipado e correcto, poderá poupar-lhe muitas dores de cabeça e também muito dinheiro na organização de toda a cerimónia e copo de água.

Por isso aqui ficam algumas dicas para poupar dinheiro no casamento:

  • Convide pouca gente. Se tem muitos amigos ou familiares afastados que só irá convidar porque é tradição da família, pense duas vezes. Porventura será também um fardo para essas pessoas, terem de gastar dinheiro em roupa e prendas de casamento. Convide apenas os amigos mais próximos e os familiares mais chegados. Poderá reduzir algumas dezenas de pessoas.
  • Menu simples. Como paga um valor por pessoa, a comida é um dos factores que mais pesa no preço final do casamento. Não opte por comidas exóticas, mantenha-se em comidas tradicionais de qualidade. Não escolha também seis ou sete pratos diferentes, sirva um prato de peixe e outro de carne (mais entradas e sobremesas). Não pense no casamento como uma forma de impressionar os seus familiares, mas antes em proporcionar-lhes um dia agradável, com comida leve e uma festa bem organizada.
  • Peça ajuda aos amigos. A preparação do casamento pode consumir-lhe muito tempo, nos meses que o antecedem, por isso peça toda a ajuda que conseguir. Por exemplo: escolher prendas para os convidados, escolher a decoração, escolher a música. Se quiser ajuda profissional vai ter de pagar.
  • Faça os convites. Com as impressoras actuais e a Internet, consegue arranjar decorações simples e interessantes para fazer os convites do seu casamento. Opte por um convite prático, com a localização da igreja e dos outros sítios importantes para o dia do casamento.
  • Faça as prendas. É costume os noivos oferecerem umas miniaturas aos convidados (charutos, brindes, etc.). Procure prendas engraçadas em lojas da especialidade, mas depois faça-as em casa.
  • Não tente impressionar. Este é a dica mais importante de todas, não tente fazer um casamento ‘fashion’ que impressione todas as pessoas. Não contrate uma orquestra de dez músicos, um número de acrobatas, uma demonstração de capoeira. Escolha um local agradável em que as pessoas possam conversar. Os casamentos são das poucas ocasiões em que é possível ter toda a família reunida. Não os obrigue a estarem cinco horas sentados a comer, ou a terem de ouvir a música tão alta que não conseguem ter uma conversa.

 

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*