Quando ter um aumento não é bom

A maior parte das pessoas quer ser aumentada ou ganhar a lotaria, para melhorar o seu nível de vida. Mas o que acontece é que após conseguirem estes feitos, rapidamente se adaptam à nova situação e começam a querer mais (mais casas, mais carros, mais tudo). As expectativas continuam a crescer e querem ser outra vez aumentados, ou começam a jogar mais na lotaria para ganharem mais prémios. Se conseguirem, volta tudo à estaca zero e recomeçam o processo.

Por causa destes desejos é que existe uma percentagem elevada de pessoas, que ganharam bons prémios em lotarias e outros jogos, e passado uns anos estão piores do que estavam inicialmente. Porque não souberam gerir as suas expectativas e deitaram tudo a perder com os seus desejos.

Com os aumentos de salário acontece outra coisa curiosa, que é o aumento das horas de trabalho e das preocupações, para manter o nível de vida que se escolheu logo após o aumento (mudar para uma casa maior e comprar um carro topo de gama).

Uma forma correcta de gerir um bom aumento seria:

  • Se ganha 20.000€ por ano e gasta 15.000€ para todas as despesas, consegue poupar 5.000€ por ano.
  • Após o aumento, ganha 30.000€ por ano, aumente o seu nível de vida para 20.000€ e assim passa a poupar 10.000€ por ano (o dobro). Se mantiver o nível de vida, consegue triplicar o dinheiro disponível para poupar e investir (15.000€).

Se lhe perguntarem, o que é que prefere?

  • um carro topo de gama hoje e ficar sem o dinheiro.
  • manter o carro que tem (que também anda), investir o dinheiro alguns anos e deixar de trabalhar dez anos mais cedo.

Obviamente que isto não dizer que não deva deixar de tentar ganhar mais dinheiro, mas antes de o gastar pense também a longo prazo.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*