Dinheiro, tempo e felicidade

Apesar da melhoria das condições de vida e da abundância de dinheiro e não só, os estudos provam que não estamos mais felizes do que há algumas décadas atrás.

Existem três factores que decidem o nível de felicidade de um indivíduo:

  • Disposição natural. Se é bem humorado ou mal humorado. Não há grande coisa que possa fazer relativamente a este aspecto, podemos chamá-lo um problema genético (se for mal-humorado).
  • Circunstâncias. A sua actual circunstância na vida. Como vive, o seu status, os seus rendimentos, o bairro onde mora, o carro que conduz e outros factores, alguns externos outros internos.
  • Como passa o tempo. Como passamos o tempo que temos nos tempos livres. É o factor que consegue controlar mais facilmente.

Os estudos provam que, apesar dos avanços tecnológicos que deviam permitir que as pessoas passassem mais tempo em actividades de lazer, trabalhamos cada vez mais horas e ainda por cima escolhemos passar o nosso tempo livre em actividades neutras (como ver televisão) em vez de actividades que provoquem felicidade e bem-estar.

Por isso o que deve começar a fazer imediatamente é, deixar de passar horas em frente à televisão e envolver-se em actividades que lhe dão prazer mas que são também estimulantes, como brincar com os seus filhos, ler um livro interessante, fazer voluntariado.

O dinheiro não é o único que influencia a felicidade, a forma como passa o tempo livre tem um papel muito grande neste sentimento. Não deixe que a vida lhe passe ao lado…

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

Leave a comment

Your email address will not be published.

*