Como Poupar Energia Eléctrica (e não só…)

Com o preço da energia a aumentar todos os dias, é necessário olhar para os gastos eléctricos das nossas casas. Com Invernos cada vez mais frios, e Verões cada vez mais quentes, esta tendência de subida não irá desaparecer.

Por isso a questão essencial. “O que fazer para reduzir a minha conta eléctrica?”
Aqui ficam 10 dicas simples para baixar o consumo de electricidade:

1) Desligar as luzes quando não são necessárias. Esta é bastante óbvia, no entanto a quantidade de pessoas que não a respeitam é alarmante. O simples desligar no botão pode poupar centenas de watts diariamente.

2) Reduza as luzes que usa. Pode comprar um regulador de intensidade ou então remover fisicamente as lâmpadas do candeeiro, em vez de acederem dez, passam a acender 5. Opte ainda por iluminação orientada ao que está a fazer (exº ler um livro) em vez de iluminar toda a divisão. Fora de casa, coloque sensores para que apenas acendam na presença de alguém.

3) Ajuste o ar-condicionado. Um aparelho deste usa uma tremenda quantidade de electricidade quando está a funcionar. Durante o verão pode poupar bastante mantendo uma temperatura ambiente de 25º em vez de baixar para 20º ou 21º. E se tiver a roupa adequada, não sentirá grande diferença de temperatura. No Inverno, baixe a temperatura alguns graus e agasalhe-se melhor.

4) Use um termostato eléctrico. Se ainda não tem, compre um termostato programável para ligar ao seu aparelho de climatização. Este pequeno aparelho permite-lhe ajustar as temperaturas em períodos mais económicos, como seja, ligar a meio da noite e desligar antes da família acordar.

5) Use uma ventoinha em vez de um ar-condicionado. No verão, tente sobreviver ao calor apenas com uma ventoinha para poupar energia eléctrica. Caso use apenas o aparelho de ar-condicionado, não se esqueça de substituir os filtros regularmente (a eficiência pode chegar aos 5%).

6) Mantenha o frigorífico fechado. É um dos maiores gastadores de electricidade, e deverá operar com a máxima eficiência, isto significa abrir as portas rapidamente e ter sempre o termómetro ajustado com as indicações do fabricante. Não se esqueça também de o descongelar regularmente para poupar dinheiro e energia.

7) Use os aparelhos eléctricos com moderação. Apenas use a máquina secar roupa, quando esta estiver cheia, ou melhor ainda, seque a roupa no estendal. Cozinhe no microondas em vez de ser no forno eléctrico, e não se esqueça de desligar a máquina do café quando tiver terminado de o fazer. Compre, sempre que possível, equipamentos com a etiqueta de eficiência energética elevada.
8 ) Baixe a temperatura da água quente. Se tiver um esquentado a electricidade, irá devorar energia eléctrica sempre que o utilizar, se tiver um a gás, irá obviamente poupar gás em vez de electricidade.

9) Substitua as lâmpadas incandescentes. Compre as lâmpadas fluorescentes de alta eficiência, que usam aproximadamente 1/4 de energia para produzir a mesma intensidade luminosa, e duram vários anos mais. Embora sejam bastante mais caras do que as incandescentes, a médio-longo prazo acabam por compensar.

10) Use luz natural. Aproveite para aquecer a casa durante os dias de sol de Inverno, comprando equipamento que isola as janelas e portas e impedir que o calor saia durante a noite.

Embora pareça que individualmente os ganhos energéticos não são consideráveis, se conseguir combinar várias destas dicas, irá ver reduzida a sua factura eléctrica de forma dramática

Economizar Energia

Os custos energéticos vão aumentar cada vez mais, por isso temos de aproveitar todos os truques para economizar energia e poupar dinheiro na factura mensal.

A maioria deles são pequenos gestos que não prejudicam a qualidade de vida, podendo até ser melhores, como por exemplo deixar o carro e passar a andar a pé, que faz melhor à saúde e à carteira.

Aqui ficam alguns truques que pode usar em várias áreas da sua vida, para poupar energia e o ambiente, fazendo algumas mudanças no seu modo de vida, tornando-se mais ‘verde’.

Economizar energia doméstica

Trocar as lâmpadas normais por lâmpadas de baixo consumo, que sendo mais caras, podem durar dez vezes mais.

Desligar os equipamentos eléctricos na ficha, em vez de ser em ‘Stand By’, pode fazê-lo economizar energia na ordem dos 8

Baixar a temperatura do aquecimento em 1ºC pode trazer uma economia de 10% no consumo de energia doméstica.

Uma das formas mais eficientes de economizar energia é isolando correctamente a casa, o que poderá permitir um decréscimo de mais de 30%, devido às fugas de calor que ocorrem numa casa mal isolada.

Compre janelas de vidro duplo, que impedem a saída (ou entrada) de calor durante as estações de Verão e do frio durante as estações de Inverno. Veja mais em poupar no aquecimento e arrefecimento da casa.

Uma forma mais dispendiosa de economizar energia, mas igualmente eficaz, é substituindo aparelhos antigos e menos eficientes por aparelhos mais amigos do ambiente e menos consumidores de energia. Por exemplo, as caldeiras e frigoríficos, que representam grandes custos de energia ao longo do ano, são hoje muito mais eficientes energeticamente.

Economizar energia nos transportes

O mais económico é, sem dúvida, optar pelos transportes públicos, embora não seja fácil em zonas mais rurais. Nestes casos é preciso recorrer a outros truques.

Comprar o combustível no sítio mais barato que conseguir encontrar na sua zona. Existem sites na internet que têm praticamente todos os postos de combustível existentes, com os preços actualizados. Veja ainda outras dicas para poupar combustível.

A forma como conduzimos também influencia muito o consumo de combustível. Por exemplo, conduzir a uma velocidade mais baixa reduz muito o consumo. Conduzir de forma suave (sem acelerações e travagens bruscas) também reduz o gasto de combustíveis e permite economizar energia.

Outra medida que podemos adoptar para reduzir o consumo é desligar o ar condicionado quando viajamos. O ar condicionado dos carros gasta muito mais gasolina e gasóleo.

Deve manter o carro o mais aerodinâmico possível, removendo suportes que não usa e tudo o que possa criar atrito com o vento ou tornar o carro mais pesado.

Vale também a pena manter o carro sempre afinado. Por exemplo, os pneus com a pressão incorrecta podem aumentar o consumo até 5%.

Evite deslocações pequenas sempre que possível, porque os carros gastam mais quando ainda estão frios.

Com pequenas mudanças, aqui e ali, será possível conseguirmos economizar energia sem vermos a qualidade de vida diminuir.

Como diminuir o consumo de energia

Diminuir o consumo de energia tem duas grandes vantagens. Poupar dinheiro e poupar o ambiente. Existem várias formas de diminuirmos o consumo de energia, mas mesmo assim são poucas as pessoas que fazem um esforço para consumir menos energia, mesmo quando a forma de consumir menos energia é bastante simples de atingir, com pequenos gestos no dia-a-dia.

Consumo de energia na iluminação

Podemos instalar sensores nos corredores da casa ou do jardim para que apenas acendam quando existe presença de alguém. Nas outras lâmpadas, podemos colocar interruptores que controlam a luminosidade para baixar a intensidade das luzes, sem ter de desligar lâmpadas.

Consumo de energia no aquecimento e arrefecimento

Comprar portas de qualidade e janelas de vidro duplo, que impedem a passagem da temperatura do exterior para o interior e vice-versa.

Instale uma ventoinha de tecto, que consome cerca de 30% de um ar condicionado e permite também refrescar o ambiente através da circulação de ar. Se tiver apenas ar condicionado, ao menos certifique-se que faz a manutenção periodicamente, porque os filtros sujos tornam a circulação do ar muito mais difícil e assim aumenta o consumo de energia do aparelho.

Consumo de energia eléctrica

Outra redução simples de consumo de energia pode ser através da diminuição do brilho do monitor do computador. A menos que tenha o monitor num sítio com muita luz directa, pode ajustar o brilho para reduzir o consumo.

Comprar equipamentos que se desliguem automaticamente (por exemplo, a meio da noite) ou então, ainda mais barato, uma tomada eléctrica com um temporizador que permite cortar a corrente a várias horas do dia seleccionadas.

Consumo de energia alternativa

Começam a aparecer novas energias alternativas, mais limpas, renováveis e cada vez mais baratas na sua comercialização, por isso pondere a utilização destas energias para reduzir o consumo de energias fósseis. Veja por exemplo como consumir energia solar.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

1 Comment on Como Poupar Energia Eléctrica (e não só…)

  1. pedro almeida // 01/11/2012 at 18:52 //

    todas as pessoas devem afastar o frigorífico 10cm da parede, assim este liberta melhor o calor e consome menos electricidade, se possível optar por arcas frigorificas horizontais e deixar de usar as verticais, as verticais assim k se abre a porta, todo o frio cai e vamos consumir mais electricidade.
    quem tiver frigoríficos encastrados, verificar se o armário por cima deste tem espaço entre o fim da prateleira e a parede de pelo menos 10cm em como no tecto do armário, o calor sobe e não tiver abertura vai aquecer todo o espaço. Atenção que os construtores e montadores de moveis de cozinha muito raramente montam grelhas de ventilação por de baixo dos frigoríficos, e importante que exista para o ar fresco poder entrar e ir arrefecer o gás para o frigorífico poder ter um bom desempenho e funcionamento, gastar menos energia bem como evitar avarias muitas das vezes bem caras

Leave a comment

Your email address will not be published.

*