Como ter paz de espírito financeiramente

É um facto: as nossas finanças são uma das coisas que mais stress causam nas nossas vidas. Se procuramos uma vida sem stress, de produtividade, bom ambiente de trabalho e de vida, acordar cedo, criar rotinas e afins, então temos de enfrentar as nossas finanças e encontrar formas de manter o stress com dinheiro, o mais baixo possível.

Em primeiro lugar, indentifique as consequências financeiras que causam stress na sua vida. Para muitas pessoas, estas incluem: preocupação com o endividamento, pagar tarde as facturas, não ter segurança financeira líquida, não ter controlo sobre as suas finanças, e discussões sobre finanças com os companheiros ou companheiras.

Vamos abordar cada um destes com algumas soluções simples:

Sair da dívida. Isto é muitas vezes o primeiro passo necessário. Mas como fazer isso? Em primeiro lugar, acompanhe o seu impulso para gastar dinheiro de forma a parar. Use o modelo bola de neve como plano para sair da dívida.

Pagar as suas contas assim que chegam. Esta é uma das maneiras mais fáceis para eliminar o stress com as facturas. Quando receber a factura da electricidade, passe um cheque, coloque-o num envelope, e envie pelo correio no dia seguinte. Ou pague online (preferencialmente), vá para o seu computador, faça login e envie o seu pagamento electrónico. Para fazer isso, precisa de ter uma almofada na sua conta bancária, de forma a ter sempre o suficiente para pagar as facturas imediatamente.

Colocar os pagamentos automáticos. É uma grande alternativa ao método acima referido. Em vez de pagar as facturas à medida que elas chegam, pode configurar pagamentos automáticos, e poupanças automáticas, de forma a que logo que o seu salário entre na sua conta, mande um determinado montante para poupança (ou investimentos). Qualquer método funciona bem.

Desenvolver uma segurança financeira líquida. Isto é algo que também deve fazer imediatamente. Primeiro, se é casado ou tem qualquer dependente, deve ter seguros de vida imediatos. Faça uma investigação para ter a certeza que tem a apólice certa para as suas necessidades.
Não arranje um tipo de seguro “toda a vida”, não é o investimento mais inteligente.
Em segundo lugar, olhe para o outro seguro para ver se ele preenche as suas necessidades, desde o automóvel até à habitação.
Em terceiro lugar, certifique-se que tem um testamento, isto pode não parecer necessário se ainda é jovem, mas se tiver algum dependente, esta é uma obrigação.
Em quarto lugar, desenvolva um fundo de emergência – imediatamente. Isso é algo que toda a gente aconselha, sem um pequeno fundo de emergência, nunca terá paz de espírito financeira. Acumule entre 3 a 6 meses para sustentar o seu modo de vida, ou qualquer montante que você precisar para se sentir seguro.

Controlar as finanças, pelo menos, semanalmente. Para ter um sentimento de controlo sobre as suas finanças, você tem de as acompanhar. Certifique-se de que está verificando a sua conta, para garantir que não tem cheques devolvidos ou transações em débito. Mesmo que as facturas sejam automáticas, você deverá certificar-se de que elas estão a ser pagas. Tire 10-20 minutos cada semana, para olhar para o seu orçamento, as suas despesas, o seu rendimento, e certifique-se de que tem tudo sob controlo. Se tem um parceiro, façam isto em conjunto.

Falar sobre dinheiro com o seu parceiro. O dinheiro pode ser um grande factor de stress num relacionamento. É importante que se fale de dinheiro, numa base regular, de forma não-emocional, não importa o quão difícil possa parecer. É fundamental, de facto, para a sobrevivência do vosso relacionamento. Vocês têm que estar na mesma página, ou acabarão por discutir e ter crises importantes sobre finanças. Precisam de falar sobre os vossos sonhos e metas financeiras, os vossos gastos padrão, o vosso orçamento, o vosso rendimento, a vossa poupança, as vossas dívidas, de segurança financeira, letras e afins. Se ainda não o fazem, pode demorar algum tempo no início, e ser difícil. Mas tentem fazê-lo como uma equipa, e não acusarem-se mutuamente de qualquer coisa, tentem ser positivos e construtivos. Com o tempo, vai ser mais fácil. No mínimo, dediquem 10 a 20 minutos cada semana para rever as vossas finanças em conjunto, revendo as metas, e certificando-se de que estão sintonizados. Vai ser uma grande diferença no vosso relacionamento e no seu nível de stress.

About Finanças Pessoais
Aqui vai encontrar as melhores informações sobre Finanças Pessoais. Aprenda a poupar, a ganhar, a investir, a viajar e muito mais...

2 Comments on Como ter paz de espírito financeiramente

  1. Simone // 21/07/2009 at 18:35 //

    Puxa!!!esta materia realmente e muito interessante,vai me ajudar muito daqui pra frente em relacao ao dinheiro (de como saber viver numa vida simples e tranquila)obrigada.

  2. vasconcelos // 27/12/2009 at 06:07 //

    INTERESSANTE,ESTOU PRECISANDO MESMO DE CONSELHOS E SEM QUERER ENCONTREI ESSE.OBRIGADO E QUE DEUS NOS ILUMINE SEMPRE!GANHE DINHEIRO SEM PERMITIR QUE O DINHEIRO TE GANHE!

Leave a comment

Your email address will not be published.

*